Início / Agricultura / Ritmo de plantação do tomate para a indústria aumenta e recupera atrasos

Ritmo de plantação do tomate para a indústria aumenta e recupera atrasos

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os trabalhos de plantação no tomate para a indústria, em Abril e princípios de Maio decorreram de forma intermitente, com interrupções resultantes da dificuldade de acesso das máquinas aos terrenos saturados, divulga o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Junho de 2020, do Instituto Nacional de Estatística (INE).

E acrescenta que na segunda quinzena de Maio o ritmo intensificou-se, estimando-se que se possam concluir as plantações durante a primeira semana de Junho. A área instalada, considerando os dados de contratação entre os primeiros transformadores aprovados (indústria transformadora de tomate) e as organizações de produtores e produtores não associados, deverá rondar os 14,9 mil hectares.

Dizem os técnicos do INE que as searas mais precoces apresentam um desenvolvimento normal. Têm-se registado focos de míldio que, nos casos mais extremos e por atingirem plantas muito jovens, foram incontroláveis, e que obrigaram à replantação de áreas com algum significado.

Girassol

Quanto ao girassol, o tempo seco em Fevereiro/Março dificultou as sementeiras de sequeiro, tal como a precipitação de Abril dificultou as de regadio. Prevê-se uma diminuição de 15% da área semeada, face a 2019, fixando-se nos 7 mil hectares e mantendo a tendência dos últimos cinco anos de redução da área ocupada por esta cultura.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Apormor repudia intenção do Governo de criar uma Direcção-Geral dependente do Ambiente para a sanidade e bem-estar animal

Partilhar            A Apormor — Associação de Produtores do Mundo Rural da Região de Montemor-o-Novo associa-se a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.