Início / Agricultura / Ribeira de Pena e Confagri esclarecem agricultores sobre apoios do PEPAC

Ribeira de Pena e Confagri esclarecem agricultores sobre apoios do PEPAC

O Município de Ribeira de Pena promoveu, em parceria com a Confagri — Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal, um colóquio sobre os apoios ao rendimento, no dia 14 de Fevereiro. A sessão decorreu no Auditório Municipal de Ribeira de Pena e contou com a presença da Técnica da Confagri, Isabel Santana, que esclareceu as medidas referentes aos apoios ao rendimento e outras.

Esta iniciativa, explica uma nota de imprensa da autarquia, teve como propósito principal dar a conhecer aos agricultores o Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC) e todos os apoios disponíveis, tais como os pagamentos directos, nomeadamente o apoio ao rendimento base, pagamento aos pequenos agricultores, o apoio redistributivo base, agricultura biológica, produção integrada, pagamento as vacas em aleitamento e aos pequenos ruminantes e ainda questões sobre o desenvolvimento rural, em particular a manutenção de actividade agrícola em zona desfavorecida (MAZDs), em que se insere o concelho de Ribeira de Pena, e as medidas de gestão ambiental e climática (medidas agroambientais).

Os agricultores podem candidatar-se, a partir de 1 de Março até 31 de Maio, ao Pedido Único onde se incluem as ajudas à produção.

O vice-presidente da Câmara Municipal de Ribeira de Pena, Luís Ferreira, falou na importância destas acções para uma melhor rentabilidade e aproveitamento das explorações agrícolas, e salientou que o Município garante aos agricultores a sanidade animal de forma gratuita.

Uma gestão activa de todo o território baseada numa produção agrícola e florestal inovadora e sustentável é a visão que sintetiza a estratégia nacional para o novo Plano Estratégico da Política da Agricultura Comum para os próximos cinco anos, acrescenta a mesma nota.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Região Autónoma da Madeira recebe 136 milhões de euros do Fundo de Coesão

Partilhar              A Região Autónoma da Madeira vai receber, no âmbito do Sustentável 2030, um total previsto …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.