Início / Agricultura / Regadio a Sul da Gardunha no Plano Regadios. Agricultores de Castelo Branco aguardam verbas necessárias

Regadio a Sul da Gardunha no Plano Regadios. Agricultores de Castelo Branco aguardam verbas necessárias

A ADACB — Associação Distrital dos Agricultores de Castelo Branco congratula-se pelo facto do regadio a Sul da Gardunha estar finalmente no Plano Nacional de Regadios. Mas salienta que “aguarda agora com legitima expectativa que sejam aprovadas as verbas necessárias que tornem finalmente possível concretizar este importante projecto”.

A ministra da Agricultura; Maria do Céu Antunes, homologou, ontem dia 7 de Janeiro, quatro novos projectos de regadio, integrados no Programa Nacional de Regadios (PNRegadios), onde se inclui o Aproveitamento Hidroagrícola da Gardunha Sul (Bloco da Marateca), no concelho de Castelo Branco.

A Associação Distrital dos Agricultores de Castelo Branco “tem sido persistente na defesa da concretização deste regadio, pelo que considera esta iniciativa do Governo como um sinal positivo para a concretização desta sua reivindicação”.

A ADACB “aguarda agora com legitima expectativa que sejam aprovadas as verbas necessárias que tornem finalmente possível concretizar este importante projecto abrangendo os concelhos do Fundão e Castelo Branco. Este regadio é importante para a dinamização da actividade agrícola e um factor de resiliência face às alterações climáticas”.

A ministra da Agricultura aprovou o Aproveitamento Hidroagrícola de Mortágua (Bloco da Macieira), no concelho de Mortágua, o Aproveitamento Hidroagrícola da Gardunha Sul (Bloco da Marateca), no concelho de Castelo Branco, o Aproveitamento Hidroagrícola do Vale da Vilariça (Ampliação do Bloco Norte), no concelho de Alfândega da Fé, e o Circuito Hidráulico de Reguengos de Monsaraz e respectivo bloco de rega (fase 1), que integrará o perímetro de Alqueva.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Chega recomenda ao Governo reversão da extinção das Direcções Regionais de Agricultura

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Chega (CH) recomenda ao governo que “reverta a decisão de extinção …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.