Início / Agricultura / Reforma da PAC. Ministra da Agricultura: “Estamos no caminho para criar condições de alcançar um acordo durante o primeiro semestre”

Reforma da PAC. Ministra da Agricultura: “Estamos no caminho para criar condições de alcançar um acordo durante o primeiro semestre”

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, presidiu, esta sexta-feira, 30 de Abril, em Bruxelas, ao Trílogo do Regulamento dos Planos Estratégicos, onde apresentou uma proposta relativa à arquitectura verde.

Esta foi uma semana importante para se concluir mais uma etapa na concretização da reforma da Política Agrícola Comum (PAC), estando o regulamento horizontal próximo de ficar finalizado. A ministra diz acreditar “que estamos no caminho para criar condições de alcançar o acordo durante o primeiro semestre”.

Depois de, na segunda-feira, dia 26 de Abril, ter ocorrido o Conselho Informal de Ministros da Agricultura, na quinta-feira, dia 29 de Abril, realizou-se o Trílogo sobre o regulamento modificativo da OCM. Hoje, o Trílogo debruçou-se sobre as questões relacionados com os regulamentos dos planos estratégicos, tendo ficado agendada a sua continuação para dia 12 Maio, com a presidência da Ministra da Agricultura.

“Esta foi uma semana intensa, mas acredito que estamos no caminho para criar condições de alcançar o acordo durante o primeiro semestre. Foram feitos progressos significativos nos três regulamentos que constituem a PAC, tendo sido também uma semana reveladora do empenho das três instituições em chegar a um acordo político da reforma da PAC”, disse Maria do Céu Antunes.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Açores já têm formados os primeiros 18 auditores para o bem-estar animal na produção de leite e carne

Partilhar            A Região Autónoma dos Açores já tem formados os primeiros 18 auditores para o bem-estar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.