Início / Agenda / Quinta da Pacheca recebe Brazil International Olive Oil Competitition de 7 a 9 de Agosto

Quinta da Pacheca recebe Brazil International Olive Oil Competitition de 7 a 9 de Agosto

A região do Douro volta a receber um dos mais importantes concursos mundiais de azeites, o Brazil International Olive Oil Competitition (BRAZIL iOOC), que desta vez terá como anfitriã a Quinta da Pacheca, no concelho de Lamego, 7 a 9 de Agosto.

Esta quarta edição terá em prova mais de 100 amostras, com origem em 15 diferentes países e jurados provenientes de três continentes, o que “atesta o carácter global da iniciativa, que, ano após ano, se impõe na cena internacional de eventos ligados à área dos azeites e da olivicultura”, refere uma nota de imprensa da Quinta da Pacheca.

De entre os países que se fazem representar com amostras, destaque para paragens tão distintas como Israel, Uruguai, Tunísia ou Estados Unidos da América e a curiosidade de o painel de jurados integrar uma ucraniana.

O concurso realiza-se, simultaneamente, em Portugal e no Brasil, sendo que o local escolhido do outro lado do Atlântico é o conceituado restaurante Kinoshita, em São Paulo, detentor de estrelas Michelin.

As refeições dos jurados que estarão a avaliar as amostras em Portugal serão confeccionadas com azeite da Quinta da Pacheca. Esta quinta sediada em Lamego tem feito uma aposta mais vincada na olivicultura, de há alguns anos a esta parte, plantando dezenas de oliveiras e encetando um processo de recuperação de árvores espalhadas pela propriedade, numa estratégia que vem “sendo coroada de êxito”.

5 novos azeites Quinta da Pacheca

As várias referências de azeite da quinta têm estado em prova em certames do sector, alcançando meritórias distinções. A campanha de 2020/2021 resultou no lançamento de cinco diferentes azeites. Para lá do Quinta da Pacheca – Azeite Premium Virgem Extra, surgiram mais três monovarietais e um azeite biológico.

A aposta da Quinta da Pacheca na produção de azeite está patenteada na criação de um programa específico aberto ao público para a época da apanha da azeitona. Os visitantes podem participar na experiência, de que faz parte umas boas-vindas com a tradicional broa de milho e azeitonas curadas, a que se segue um passeio pelo olival com participação na tradicional colheita – para o qual se propõe o uso de roupa confortável -, o que, de alguma forma, permitirá “colar” o nome do visitante à campanha desse ano.

Os participantes têm à disposição, posteriormente, uma prova das cinco referências de azeite, que serve de aperitivo para um almoço tradicional de quatro momentos, com dois vinhos DOC Douro da Quinta da Pacheca e um vinho do Porto.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

PS Açores acusa Governo Regional de falhas na gestão das quotas pesqueiras

Partilhar              O Partidos Socialista (PS) dos Açores entregou um requerimento ao Governo Regional dos Açores, intitulado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.