Início / Agricultura / Quercus, Acréscimo e Íris: intervenção do ICNF destrói área protegida na Mata dos Medos em Almada

Quercus, Acréscimo e Íris: intervenção do ICNF destrói área protegida na Mata dos Medos em Almada

A Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, a Acréscimo – Associação de Promoção ao Investimento Florestal e a Íris – Associação Nacional de Ambiente alertam para a intervenção do ICNF — Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas na Mata dos Medos, no concelho de Almada, que, garantem “destrói área protegida”.

Explica um comunicado conjunto das três associações que a Mata Nacional dispõe de Plano de Gestão Florestal (PGF) em vigor. Junto ao parque de merendas da Aroeira, na parte norte da Avenida do Mar, o PGF prevê a realização de desbastes e desramações. “Todavia, o que se constata é a realização de uma operação de exploração florestal, com uso de maquinaria florestal pesada. O corte abusivo de arvoredo não configura a realização de desbastes, mais ainda em área classificada como de conservação”.

As signatárias do comunicado “condenam veementemente esta acção do ICNF e exigem a imediata suspensão dos trabalhos até cabal explicação da intervenção em curso”.

Abate e trituração de pinheiros mansos

“A intervenção em curso consta do abate e trituração de pinheiros mansos adultos, cujo destino industrial é desconhecido. Da operação em curso resulta uma muito significativa perda de coberto arbóreo, associada a um crescente risco de propagação de incêndios e de instalação de espécies exóticas invasoras, designadamente de acácias. A operação coloca ainda em causa a presença de um vasto conjunto de espécies florísticas e faunísticas que aí tinham até agora o seu habitat”, realça o mesmo comunicado.

E acrescenta que, “ao contrário de valorizar a Mata Nacional, a intervenção do ICNF deprecia-a significativamente. No plano financeiro, pelo prejuízo na produção de pinhas e pinhões, na vertente ambiental por colocar em risco a estabilização dos solos, a perda de coberto arbóreo e de biodiversidade”.

Dizem ainda aquelas associações que “não foi encontrado procedimento concursal relativo a esta operação, nem outro documento oficial envolvendo a empresa que executa as operações de abate, toragem, extracção e trituração dos pinheiros mansos”.

A Mata Nacional dos Medos integra a Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica (PPAFCC) e está sob gestão do ICNF — Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, tutelado pelo Ministério do Ambiente e da Acção Climática.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Fórum Vespa Velutina mostra resultados e estratégia no combate à inimiga das abelhas

Partilhar              O Fórum Vespa Velutina – Lisboa Atlantic POSitiVE realiza-se no próximo dia 31 de Maio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.