Início / Featured / PSD Açores lamenta: ministro do Mar “continua sem fazer ponto de situação do abastecimento de GNL para navios no Porto da Praia da Vitória”

PSD Açores lamenta: ministro do Mar “continua sem fazer ponto de situação do abastecimento de GNL para navios no Porto da Praia da Vitória”

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O deputado do PSD Açores na Assembleia da República, António Ventura, lamentou ontem, 9 de Setembro “o silêncio do Ministro do Mar sobre o ponto de situação do abastecimento de Gás Natural Liquefeito (GNL) para navios no Porto da Praia da Vitória”.

O social democrata lembra que “esta é uma promessa que dura desde 2016, quando o Governo da República a divulgou. Perante o seu incumprimento, o ministro Serrão Santos nada teve para nos dizer”.

“Já tinha sido assim com o Plano de Revitalização Económico da Ilha Terceira (PREIT), que previa 77 milhões de euros para aquele Porto. E assim continuou com a Declaração Conjunta assinada a 30 de Abril de 2016, essa com o compromisso de candidatura ao Plano Junker”, acrescentou o deputado.

António Ventura solicitou o ponto de situação ao governante, mas frisando “que não fosse uma resposta eleitoralista, queríamos uma resposta verdadeira e não uma resposta válida só até às eleições de 25 de Outubro”.

“Ministro do Mar fugiu aos esclarecimentos”

“Lamentavelmente, o senhor ministro do Mar fugiu aos esclarecimentos. Mais uma vez, os açorianos ficaram sem resposta”, explica o social democrata.

“Infelizmente, este parece ser um projecto eternamente adiado, talvez mesmo um projecto que nunca vai ser concretizado. Os açorianos estão a ser enganados”, concluiu António Ventura.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Federação Agrícola dos Açores envia carta a Costa a pedir a manutenção do Orçamento Posei Pós-2020

Partilhar            A Federação Agrícola dos Açores continua a “envidar esforços de sensibilização e de apoio à …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.