Início / Agricultura / PSD/Açores: Governo da coligação está “ao lado dos produtores e agricultores açorianos”
©Hugo Moreira

PSD/Açores: Governo da coligação está “ao lado dos produtores e agricultores açorianos”

O deputado regional do PSD/Açores Paulo Silveira afirmou esta tarde que o Governo da Coligação (PSD/CDS-PP/PPM) “está ao lado dos produtores e agricultores açorianos”, tal como fica comprovado no Plano e Orçamento para 2024 em discussão.

“A Agricultura é uma prioridade no Governo Regional da Coligação PSD/CDS/PPM”, reiterou no debate do diploma em análise, na Assembleia Legislativa dos Açores.

“Ao contrário do que aconteceu durante a governação socialista, desde 2021, os agricultores dos Açores sabem que a verba aprovada será a verba recebida, sem quaisquer cortes”, reforçou o parlamentar social-democrata.

Paulo Silveira apontou que “em três anos, numa política de transparência e de valorização da produção agrícola e do produtor, o Governo Regional da Coligação, pôs fim aos rateios nos apoios do POSEI e PRORURAL+”, avança uma nota de imprensa do PSD/Açores.

Uma acção que se estende à indústria através da ajuda à armazenagem do queijo, disse, lembrando que “em 2019/2020 os apoios eram da ordem dos 750 mil euros, enquanto em 2021/2022 ascenderam a 935 mil euros, mais 185 mil euros sem rateios, mais 26,7%”.

O Plano e Orçamento para 2024 “pretende continuar as boas medidas na área da agricultura, adequando-se às necessidades e legítimas reivindicações de quem produz o que comemos”, salvaguardou.

O diploma em discussão irá permitir “o aumento sustentado do rendimento dos agricultores, particularmente para o acesso dos jovens à economia rural, garantindo a intergeracionalidade”, adiantou.

Além disso, acrescentou Paulo Silveira, assenta no apoio “à melhoria da competitividade das agroindústrias e da comercialização dos produtores agrícolas, pecuários e florestais certificados e em mercados de elevado valor comercial, valorizando o produto açoriano pela sua qualidade”.

As medidas de actuação do Governo da Coligação prevêem também “a aposta na requalificação das explorações, com particular destaque para a produção de leite e de carne em pastoreio, com recurso à excelência da produção forrageira de pastagens, investindo na agricultura biológica”.

Relativamente aos caminhos agrícolas, Paulo Silveira lamentou “a herança pesada” da governação socialista que votou as vias ao abandono.

Já o actual Governo da Coligação executou mais de 125 mil euros em acessibilidades agrícolas em São Jorge, numa extensão superior a 80 quilómetros, nos últimos três anos, apontou o parlamentar social-democrata

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Carmona Rodrigues lidera Grupo de Trabalho para estratégia de gestão, armazenamento e distribuição eficiente da água

Partilhar              O Governo decidiu criar um Grupo de Trabalho para delinear a estratégia multissectorial, “Água que Une”, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.