Início / Agricultura / PS garante apoio aos produtores de leite no “pagamento justo à produção”

PS garante apoio aos produtores de leite no “pagamento justo à produção”

João Castro manifestou esta terça-feira, 31 de Janeiro, que os produtores de leite em Portugal “podem contar com o apoio do Partido Socialista, para que o preço pago ao produtor não volte a baixar”.

O deputado do Partido Socialista (PS) dos Açores à Assembleia da República, que intervinha na Comissão de Agricultura e Pescas, no âmbito da audiência à Aprolep – Associação dos Produtores de Leite de Portugal, sobre dificuldades e propostas do sector do leite, relembrou que o baixo valor pago à produção “era um problema que se arrastava há anos e cujas soluções estavam difíceis de surgir”.

“O leite é um produto de alta qualidade, no qual Portugal é auto-suficiente, sobretudo pela acção dos produtores”, frisou o socialista, para reforçar os sucessivos anos de prejuízo face a um preço pago à produção “perfeitamente desajustado, com um sucessivo aumento dos custos de produção e uma indústria pouco diversificada”.

Segundo uma nota de imprensa do PS/Açores, realçando que ao longo de 2022, sobretudo no último trimestre, o valor do preço pago à produção aumentou “de forma expressiva”, atendendo ao aumento dos custos à produção, João Castro questionou a Aprolep quanto à razão, no entender da Associação, para que a degradação do preço pago ao produtor se tenha mantido durante tanto tempo.

“Pergunto, ainda, se consideram que este aumento pago à produção é circunstancial ou estrutural e, no caso de ser circunstancial, como podemos e devemos trabalhar para que seja estrutural”, questionou o socialista, reforçando ser fundamental para o sector que assim aconteça.

Durante a audição, João Castro perguntou, também, de que forma “encaram a situação em relação à União Europeia”, dado que ao longo de anos o preço pago em Portugal sempre foi inferior à média europeia, mas, também, e tendo em conta o aumento no preço pago pelo consumidor, “que estratégias poderão ser consideradas no sentido de manter ou até aumentar o consumo de leite em Portugal”.

Por último, João Castro quis ainda perceber de que forma a Associação vê o actual momento “na articulação indispensável, entre produção, indústria e comercialização, para o preço justo à produção de leite em Portugal”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Montenegro promete resolver problema do assoreamento do Porto de Pesca da Póvoa de Varzim

Partilhar              O primeiro-ministro, Luís Montenegro, esteve presente cerimónia de encerramento das comemorações do 50º aniversário de …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.