Início / Agricultura / Agricultura familiar do Prove chega a Setúbal em Outubro

Agricultura familiar do Prove chega a Setúbal em Outubro

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O projecto Prove vai chegar a Setúbal no dia 1 de Outubro, com entregas de cabazes todas as quintas-feiras, no Clube Ornitológico de Setúbal. Os produtos que compõem os cabazes vêm das explorações de agricultura familiar do produtor Luís Fulgêncio, na Península de Setúbal.

O Prove junta pequenos produtores agrícolas e consumidores, fomentando as relações de proximidade entre quem produz e quem consome, e estabelecendo circuitos curtos de comercialização através de um site nacional. Os produtos que fazem parte do cabaz entregue semanal ou quinzenalmente são produzidos com técnicas amigas do ambiente, respeitando as boas práticas agrícolas.

O consumidor recebe um conjunto de produtos variados, em cabazes de frutas e legumes.

O processo de comercialização teve início em 2006, nos concelhos de Palmela e Sesimbra, tendo sido posteriormente disseminado, com enorme sucesso, de Norte a Sul de Portugal através de Grupos de Acção Local, produtores e consumidores, mas também de autarquias, organizações de agricultores e diversos parceiros locais.

Neste momento, o Prove desenvolve-se no âmbito da cooperação interterritorial do Subprograma 3 do PRODER- Programa de Desenvolvimento Rural do Continente e conta com a participação de 16 Grupos de Acção Local, tendo o apoio da Federação Minha Terra – Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local.

Os cabazes Prove são preparados para o consumidor urbano, especificamente famílias, que fazem uma refeição por dia em casa. São compostos por produtos da época, produzidos localmente.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Ministra da Agricultura inaugura reabilitação do Aproveitamento Hidroagrícola da Camba

Partilhar              A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, e o secretário de Estado da Agricultura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.