Início / Agricultura / Projecto H2OptiDemo vai estudar uso eficiente da água em pomóideas e tomate de indústria

Projecto H2OptiDemo vai estudar uso eficiente da água em pomóideas e tomate de indústria

O projecto H2OptiDemo – Práticas de gestão para o uso eficiente da água em pomóideas e tomate de indústria foi recentemente aprovado e já está em curso, com o financiamento da entidade promotora, a Fundação Calouste Gulbenkian.

Este projecto, com a duração de um ano, pretende tirar partido das valências que cada uma das entidades parceiras e como objectivo optimizar a demonstração de boas práticas na gestão da água de rega em maçã, pêra e tomate de indústria nas duas principais zonas geográficas a nível nacional em que estas culturas são produzidas, o Oeste e o Ribatejo.

O H2OptiDemo congrega o Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional (COTHN‐CC), a Federação Nacional das Organizações de Produtores (FNOP), a Hidrosoph, a Campotec e a Torriba.

Durante o decorrer do projecto, aqueles parceiros pretendem realizar várias actividades de transferência de conhecimento, nomeadamente, workshop’s sobre gestão de rega optimizada, workshop’s formativos de capacitação e demonstração, dias abertos nos campos de demonstração, intercâmbios técnicos internacionais e seminários.

Objectivos

Em nota de imprensa, os responsáveis pelo projecto H2OptiDemo referem que, no final do projecto, pretendem “aumentar o seu conhecimento sobre novos sistemas de gestão da rega inovadores, face aos cenários de alterações climáticas e avaliação do funcionamento dos sistemas de rega”, assim como maximizar a capacitação para o uso de ferramentas de apoio à gestão, suportada em tecnologias de monitorização e no conhecimento do bom funcionamento dos sistemas de rega, adaptadas à sua realidade, de forma a aumentar do uso eficiente da água de rega no médio e longo prazo”.

Por outro lado, pretendem “aumentar os conhecimentos do funcionamento dos sistemas de rega e capacitar para a utilização de soluções técnicas simples que permitam a quantificação da água de rega e a introdução à gestão da mesma ao longo do ciclo, tendo por base custo/benefício”.

“Estas competências, terão como resultado final a mudança de comportamentos para uma utilização eficiente da água, mas também a mudança de imagem do sector agrícola junto opinião pública e da sociedade em geral, pretendendo assim, esclarecer com evidencias, alguns sectores da sociedade sobre a forma como actualmente se está a utilizar a água na agricultura intensiva”, realça a mesma nota.

Estratégia para a Fileira Hortofrutícola

E relembra que as três entidades mais representativas da fileira hortofrutícola (COTHN‐CC, Portugal Fresh e FNOP) apresentaram à ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, uma Estratégia Nacional para a Fileira Hortofrutícola no dia 2 de Março de 2020.

A qual tem “por base a detalhada análise estratégica apresentada pelo sector, na qual se identificam de forma muito concreta os grandes desafios da fileira para a próxima década” e que passam essencialmente “pelas alterações climáticas, no que toca à disponibilidade de água e aos fenómenos extremos climáticos; pela competitividade da nossa fileira face aos nossos concorrentes mais directos, em particular pelos custos de produção, especialmente os custos energéticos e a velocidade de incorporação das inovações tecnológicas; e pela sustentabilidade e resiliência, quer ao nível económico, ambiental e social”.

“Para qualquer um destes desafios a água tem um papel central. Tendo isto como foco identificaram‐se medidas, quer ao nível do investimento, quer ao nível das medidas agroambientais, que podem contribuir para um uso mais racional e eficiente da água”, acrescenta a mesma nota de imprensa.

De entre essas medidas destaca‐se “a necessidade de dar continuidade às medidas relacionadas com o uso eficiente da água no âmbito do PDR e do PO, tendo por base uma maior eficiência”.

O projecto H2OptiDem, apoiado pela Fundação Gulbenkian, “vai permitir, de forma muito concreta, contribuir para divulgar e apoiar a implementação de tecnologias para uma boa gestão da água de rega”, garantem os seus parceiros.

Pode acompanhar o desenvolvimento deste projecto na página web criada para o efeito, ainda em construção, aqui.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Portugal Fresh promove produção nacional na Fruit Attraction Madrid com maior participação de sempre

Partilhar              A Portugal Fresh – Associação para a Promoção Associação para a Promoção das Frutas, Legumes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.