Início / Agricultura / Programa de Estágios do Ensino Superior nas Empresas abre mais de 500 vagas

Programa de Estágios do Ensino Superior nas Empresas abre mais de 500 vagas

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O PEJENE — Programa de Estágios de Jovens Estudantes do Ensino Superior nas Empresas acaba de anunciar que disponibiliza aos jovens universitários, que se encontrem a frequentar o último ou penúltimo ano de qualquer curso superior, uma bolsa de estágios com mais de 500 vagas em mais de 80 áreas de formação.

Os estágios realizam-se entre Julho e Setembro de 2018 e pressupõem a atribuição de subsídio de alimentação e de transporte, assim como um seguro de acidentes pessoais.

As vagas estão disponíveis para consulta aqui.

São mais de 500 as vagas que se encontram por preencher em mais de 80 áreas distintas de formação que vão desde saúde, a tecnologias passando pelo ensino, jornalismo, gestão ou áreas como psicologia, turismo, Sociologia, Engenharia Florestal, entre outros.

Os estágios realizam-se entre Julho e Setembro de 2018 e pressupõem a atribuição de subsídio de alimentação e de transporte, assim como um Seguro de acidentes pessoais.

Disponíveis em todo o País

Disponíveis em todo o País, cada estudante tem a possibilidade de se candidatar até 2 vagas de estágio, de acordo com as suas preferências. Como explica Francisco Maria Balsemão, presidente da Fundação da Juventude, “o PEJENE promove uma relação directa entre a escola e a empresa/entidade de acolhimento, através do desenvolvimento de projectos conjuntos de formação em local de trabalho, ainda durante o período de estudo dos jovens”.

“Este é um programa cujo principal objectivo é integrar o estagiário numa entidade de acolhimento, desenvolvendo tarefas específicas de acordo com um Plano de Estágio previamente elaborado de acordo com a área de formação do estagiário. Os estágios decorrem sob a supervisão de um tutor técnico (profissional) experiente da entidade de acolhimento que, no final do mesmo, elaborará um relatório de avaliação final”, explica Francisco Maria Balsemão.

Candidaturas

As candidaturas, que este ano estão disponíveis para todas as áreas de actividade, podem ser efectuadas através da plataforma www.fjuventude.pt/pejene2018 onde, após avaliação dos requisitos das empresas e entidades de acolhimento, a Fundação da Juventude divulga a lista de vagas para estágios, iniciando-se assim as candidaturas para os jovens estudantes.

“Em 2017 o PEJENE arrancou dando prioridade a empresas que actuassem nas áreas da Economia Laranja e Economia Verde. Nesta edição de 2018, tendo em conta o elevado número de pedidos de empresas, a Fundação da Juventude decidiu não estipular critérios de preferência, dando assim oportunidade a todas as empresas”, acrescenta Francisco Maria Balsemão.

Taxa de empregabilidade de 23%

O PEJENE, que em 2017 teve uma taxa de empregabilidade de 23%, enquadra-se num dos vectores estratégicos de actuação da Fundação da Juventude – Emprego e Empreendedorismo – e constitui um importante factor de enriquecimento curricular assim como aquisição de experiência e conhecimento em contexto laboral.

Este programa tem vindo a responde, desde 1993, às necessidades dos jovens que se encontram a finalizar o ensino superior, permitindo desempenhar tarefas de carácter profissional, e aumentar os seus conhecimentos em ambiente real de trabalho e não esquecendo as tendências mundiais de desenvolvimento económico.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Sines recebe exercício de combate à poluição Atlantic Polex.PT 2021 a 27 e 28 de Outubro

Partilhar               A Direcção de Combate à Poluição do Mar da Autoridade Marítima Nacional organiza, nos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.