Início / Apoios e Oportunidades / Programa de Estágios da Fundação da Juventude abre candidaturas para empresas

Programa de Estágios da Fundação da Juventude abre candidaturas para empresas

A 26ª edição do PEJENE – Programa de Estágios de Jovens Estudantes do Ensino Superior nas Empresas arranca hoje, 6 de Mmarço, com a primeira fase do programa que, até 14 de Abril, se destina a empresas e entidades de acolhimento interessadas em receber estagiários.

A segunda fase arranca a 18 Abril com a abertura das inscrições para jovens estudantes que pretendam candidatar-se a um dos estágios disponibilizados pelas empresas.

As candidaturas, que este ano estão disponíveis para todas as áreas de actividade, podem ser efectuadas através da plataforma www.fjuventude.pt/pejene2018 onde, após avaliação dos requisitos das empresas e entidades de acolhimento, a Fundação da Juventude divulga a lista de vagas para estágios, iniciando-se assim as candidaturas para os jovens estudantes.

Oportunidade a todas as empresas

Como explica Carla Mouro, presidente executiva da Fundação da Juventude, “em 2017 o PEJENE arrancou dando prioridade a empresas que actuassem nas áreas da Economia Laranja e Economia Verde. Nesta edição de 2018, e tendo em conta o elevado número de pedidos de empresas, a Fundação da Juventude decidiu não estipular critérios de preferência, dando assim oportunidade a todas as empresas de apresentarem a sua candidatura enquanto entidade de acolhimento”.

O PEJENE enquadra-se num dos vectores estratégicos de actuação da Fundação da Juventude – Emprego e Empreendedorismo – e constitui um importante factor de enriquecimento curricular assim como aquisição de experiência e conhecimento em contexto laboral.

Necessidades dos jovens

Este programa tem vindo a responde, desde 1993, às necessidades dos jovens que se encontram a finalizar o ensino superior, permitindo desempenhar tarefas de carácter profissional, e aumentar os seus conhecimentos em ambiente real de trabalho e não esquecendo as tendências mundiais de desenvolvimento económico.

Taxa de empregabilidade nos 23%

Segundo Carla Mouro, “na última edição do programa PEJENE a taxa de empregabilidade verificada após a realização do estágio, foi de 23%, tendo-se verificado um crescimento de 4% face ao ano anterior. São resultados que se revelam bastante significativos, tendo em conta a conjuntura actual, em que existe uma grande dificuldade de empregabilidade por parte de jovens diplomados”.

A Fundação da Juventude é uma instituição privada, de interesse público, sem fins lucrativos, focada na Formação, Empreendedorismo e apoio ao Emprego Jovem. Foi criada por escritura notarial a 25 de Setembro de 1989, pela mão de 21 instituições públicas e privadas e declarada instituição de utilidade pública, em Março de 1990.

De âmbito nacional, a Fundação da Juventude tem sede na cidade do Porto e uma dfelegação na Região de Lisboa e Vale do Tejo.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Projecto InfraVini organiza webinar Gestão do Impacto das Alterações Climáticas na Vinha

Partilhar               O webinar “Gestão do Impacto das Alterações Climáticas na Vinha”, organizado âmbito do projecto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.