Início / Agenda / Produzir e consumir agricultura biológica. Conferência na Festa das Adiafas no Cadaval

Produzir e consumir agricultura biológica. Conferência na Festa das Adiafas no Cadaval

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Agrobio – Associação Portuguesa de Agricultura Biológica continua as suas sessões de informação e vai estar no Cadaval com a conferência “Produzir e Consumir – Agricultura Biológica”. Uma parceria com a Câmara Municipal do Cadaval e com a Junta de Freguesia do Castelo.

A iniciativa irá ter lugar a 16 de Outubro, pelas 18 horas, na Festas das Adiafas, na Vila do Cadaval, junto ao Campo da Feira.

A “necessidade de aumento de produção em agricultura biológica” é uma das razões principais para esta iniciativa, assim como o “fulcral entendimento de que o consumidor deve saber o que está a consumir, como foi produzido e que benefícios tem para a sua saúde”, diz fonte da Agrobio. Assim, a conferência tem como público alvo produtores, futuros produtores e consumidores.

Estratégia Nacional para a Agricultura Biológica

“O contexto actual é de grande importância nacional, tendo sido aprovada a Estratégia Nacional para a Agricultura Biológica em Conselho de Ministros, estando em curso a implementação de medidas inéditas para o desenvolvimento do sector em Portugal”, acrescenta a associação. E diz ser “imperativo que a produção biológica seja de qualidade e em quantidade e, por outro lado, que os consumidores sejam esclarecidos”.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas aqui. Programa aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Mabor lança campanha solidária “Vamos pôr Portugal a Andar”. Na compra de 2 pneus doa 1€ a instituições sociais

Partilhar            A Mabor, histórica marca de pneus portuguesa, “atenta ao período difícil que o País está …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.