Início / Agricultura / Produtores de Proteaginosas, Oleaginosas e Cereais celebram 40 anos com lançamento de nova imagem

Produtores de Proteaginosas, Oleaginosas e Cereais celebram 40 anos com lançamento de nova imagem

A ANPOC — Associação Nacional de Produtores de Proteaginosas, Oleaginosas e Cereais comemorou ontem, 25 de Novembro, os seus 40 anos de existência. E apresentou da sua nova imagem corporativa, “virada para o futuro”.

A data foi assinalada com um jantar no Convento do Espinheiro, em Évora, que contou com a presença de representantes da Administração central e local, do sector, das organizações suas associadas, da investigação, indústria e distribuição e de muitos outros parceiros.

“Foi um evento que, mais uma vez, mostrou a importância que a ANPOC atribui ao reforço das relações entre os vários intervenientes da fileira dos cereais, oleaginosas e proteaginosas”, refere uma nota de imprensa da Associação.

Em tom de balanço o presidente da ANPOC, José Palha, refere que “o sector tem evoluído muitíssimo e os desafios que se colocam hoje são muito diferentes daqueles que se colocavam em 1981. Nos últimos anos temos assistido a um decréscimo sistemático da área destinada à produção de cereais. É nossa obrigação e desígnio inverter esta tendência, actuando na valorização da produção e na inovação sem esquecer a sustentabilidade dos sistemas produtivos”.

Marca registada Cereais do Alentejo

Com este propósito, a ANPOC tem desenvolvido várias iniciativas relevantes, como sendo a criação da marca registada Cereais do Alentejo, a Lista de Variedades Recomendadas, a Formação Técnica de Cereais, o desenvolvimento do Centro de Competências CerealTech e a participação em vários projectos de referência, tais como o BPA.Eco para a definição de boas práticas agrícolas promotoras dos serviços dos ecossistemas e o grupo operacional Oleocolza.

Destaque, também, para o reforço da massa associativa da ANPOC, com a entrada de duas novas Organizações de Produtores, nomeadamente as Carnes do Campo Branco e a Siltom; e da preparação de novas acções para alargamento a Trás-os-Montes da área de influência da ANPOC, até agora algo restrita às zonas do Alentejo e Ribatejo.

Nova imagem

Mas, os 40 anos de história que não ficam por aqui. A ANPOC quer “continuar a evoluir, sempre numa lógica de inovação e, para marcar esta determinação”, terminou a noite com a apresentação da sua nova imagem “virada para o futuro e que reitera e simboliza o nosso compromisso com o sector, mais nacional, e assente numa maior diversidade de culturas, de actividades, e numa comunicação mais clara e mais próxima não só da produção, mas também dos nossos parceiros e, até, do público em geral”, segundo José Palha.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Açores recebem certificação de bem-estar animal Welfare Quality

Partilhar              O secretário Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, António Ventura, afirmou esta terça-feira na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.