Início / Agricultura / Produtores de batata-doce já podem exportar para o Egipto

Produtores de batata-doce já podem exportar para o Egipto

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os agricultores portugueses podem agora dar início à exportação de batata-doce para o Egipto. Isto depois de concluídos os processos de análise de risco de pragas, conduzidos pela Autoridade Fitossanitária do Egipto em articulação com a Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV). A análise permitiu fixar os requisitos fitossanitários a serem cumpridos por Portugal.

Neste sentido, “abre-se um novo mercado para os produtos vegetais nacionais, prosseguindo os objectivos do Governo no âmbito do apoio e incentivo à internacionalização das empresas e dos produtos portugueses. Na presente legislatura já foram concluídos quatro processos negociais que permitem apoiar as exportações dos produtos nacionais”, afirma a ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque.

Negociações demoradas

Os processos que visam a exportação de produtos alimentares, envolvem negociações demoradas com as autoridades competentes dos países de destino, “razão pela qual nos congratulamos com mais uma conclusão de processo e respectiva abertura de mercado”, refere um comunicado de imprensa do Gabinete da ministra da Agricultura.

“Apesar dos naturais desafios associados à abertura de novos mercados, o Ministério da Agricultura não tem dúvidas quanto à relevância da internacionalização do sector” e acredita que o crescimento passa pela afirmação da marca “Portugal”, acrescenta o mesmo comunicado.

Exportações hortícolas a crescerem

No que respeita aos produtos hortícolas, o período de Janeiro a Outubro de 2019, registou um aumento nas exportações em mais de 40,7 milhões de Euros quando comparado com o período homólogo do ano anterior, número que “reflecte o empenho nacional na criação de condições para o aumento das exportações”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Fungicida Ortiva e herbicida Rifit da Syngenta obtêm autorização excepcional de emergência

Partilhar            A DGAV — Direcção Geral de Alimentação e Veterinária concedeu uma Autorização Excepcional de Emergência …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.