Início / Agricultura / Previsões agrícolas do INE: maçã e pêra com diminuição de produção

Previsões agrícolas do INE: maçã e pêra com diminuição de produção

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A colheita da pêra terminou no final de Setembro, após um reforço das equipas de campo no sentido de evitar a exposição prolongada dos frutos às temperaturas elevadas e garantir as melhores condições de conservação.

Segundo o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Outubro de 2018, do Instituto Nacional de Estatística (INE), os escaldões resultantes da onda de calor do início de Agosto afectaram uma quantidade considerável de frutos, que perderam qualidade de comercialização.

Queda de produção de 20%

“Estima-se uma redução da produção de 20% face à campanha anterior, para as 162 mil toneladas“, dizem os técnicos do INE.

Quanto à maçã, a apanha ainda está a decorrer, prevendo-se que possa terminar na primeira quinzena de Outubro.

Registaram-se igualmente algumas situações de queima dos frutos mais expostos, o que, nas principais regiões produtoras de maçã de Trás-os-Montes, veio agravar as quebras de produtividade resultantes das condições meteorológicas desfavoráveis na fase da floração/vingamento e das precipitações intensas sob a forma de granizo.

A produção deverá fixar-se nas 280 mil toneladas, o que representa uma redução de 15% em relação a 2017, acrescenta o INE no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Outubro de 2018.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Festa da Cereja de Alfândega da Fé cancelada devido à Covid-19

Partilhar            O presidente da Câmara Municipal de Alfândega da Fé, Eduardo Tavares, informa que a edição …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.