Início / Empresas / Prémio Manuel António da Mota distingue instituições que façam um Portugal mais justo e solidário

Prémio Manuel António da Mota distingue instituições que façam um Portugal mais justo e solidário

O “Prémio Manuel António da Mota”, no ano em que se celebra o 30.º aniversário da adesão plena de Portugal à União Europeia, dedica a sua sétima edição à solidariedade nacional, premiando iniciativas que lutem “Por um Portugal mais justo, coeso e solidário”. As candidaturas que se destaquem na apresentação de projectos nos domínios da educação, emprego, combate à pobreza e exclusão social, serão apoiadas com prémios pecuniários que vão desde os 1.500€ no caso das sete menções honrosas atribuídas, 10.000€ para o terceiro classificado, 25.000€ para o segundo qualificado e 50.000€ para o grande vencedor.

As candidaturas podem ser apresentadas até ao dia 3 de Julho de 2016 e devem ser submetidas através do preenchimento do respectivo Formulário de Candidatura, disponível aqui.

A edição 2016 visa distinguir entidades que integrem o sector da economia social, com sede em Portugal, que desenvolvam projectos em território nacional no âmbito da educação, emprego e combate à pobreza e exclusão social. São admitidos projectos enquadrados nos domínios gerais da educação, emprego e combate à pobreza e exclusão social, designadamente e sem prejuízo de outras iniciativas enquadráveis no objecto geral do regulamento.

O Prémio

A Fundação Manuel António da Mota instituiu em 2010 o “Prémio Manuel António da Mota” com o objectivo de reconhecer anualmente organizações e personalidades que se destaquem nos vários domínios de actividade da Fundação.

Na sua 1ª edição, em 2010, o Prémio Manuel António da Mota distinguiu Instituições Particulares de Solidariedade Social que se notabilizaram no combate à pobreza e à exclusão social, tendo-se sagrado vencedora a Associação Sócio-Terapêutica de Almeida (ASTA).

Na sua 2ª edição em 2011 premiou a LEQUE – Associação de Pais e Amigos de Pessoas com Necessidades Especiais e enalteceu as organizações promotoras de voluntariado que se diferenciaram no desenvolvimento de projectos e programas de voluntariado de relevante interesse social e comunitário.

Na 3ª edição, em 2012, o “Prémio Manuel António da Mota” reconheceu o trabalho de instituições que se destacaram na promoção do envelhecimento activo e da solidariedade entre gerações, tendo saído vencedora a Alzheimer Portugal. Na sua 4ª edição, em 2013, a Fundação Mata do Buçaco foi distinguida com o Prémio, associando-se ao Ano Europeu dos Cidadãos na difusão do conceito de cidadania europeia e na promoção da estratégia Europa 2020 de um crescimento inteligente, sustentável e inclusivo.

Em 2014, na sua 5 ª edição, foram distinguidas instituições que actuam no domínio da valorização, defesa e apoio à família nas mais variadas áreas, por ocasião do 20º aniversário do Ano Internacional da Família. Em 2015, o “Prémio Manuel António da Mota” consagrou instituições socialmente inovadoras nas respostas aos problemas sociais.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

CITAB promove webinar gratuito sobre mel monofloral na prevenção e tratamento da Covid-19

Partilhar              O CITAB — Centro de Investigação e Tecnologias Agroambientais e Biológicas promove um webinar sobre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.