Início / Economia / Preços na produção industrial aceleraram 1,5% em Março de 2019

Preços na produção industrial aceleraram 1,5% em Março de 2019

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Índice de Preços na Produção Industrial (IPPI) apresentou uma taxa de variação homóloga de 1,5% em Março de 2019, (0,8% em Fevereiro), divulga o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Excluindo o agrupamento de Energia, o índice aumentou 0,8% (a mesma variação registada no mês anterior). A variação mensal do índice total foi nula (-0,7% em Março de 2018).

No 1.º trimestre de 2019, os preços na produção industrial aumentaram 1,1% (3,0% no trimestre anterior).

A secção das Indústrias Transformadoras registou uma variação homóloga de 1,9% (1,0% no mês precedente), da qual resultou um contributo de 1,7 p.p. para a variação do índice total.

Variação homóloga trimestral

No 1.º trimestre de 2019, a taxa de variação homóloga do IPPI situou-se em 1,1% (3,0% no 4.º trimestre de 2018). Os agrupamentos de Bens Intermédios e Energia apresentaram contributos de, respectivamente, 0,5 p.p. e 0,4 p.p., resultantes dos aumentos de 1,4% e 2,0% (2,5% e 10,1% no trimestre anterior, pela mesma ordem).

Variação mensal

Os preços na produção industrial apresentaram uma variação nula em Março (-0,7% em igual mês do ano anterior).

A secção das Indústrias Transformadoras apresentou uma variação mensal de 0,5% em Março (-0,4% no período homólogo) e um contributo de 0,4 p.p. para a variação do índice total, anulado pela evolução da secção da Electricidade, Gás, Vapor, Água Quente e Fria e Ar Frio, que diminuiu 5,1%.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Governo Regional já recebeu mais de 900 pedidos de adesão ao selo “Clean & Safe Açores”

Partilhar            A Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, através da Direcção Regional do Turismo, já …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.