Início / Agricultura / Preços dos meios de produção na agricultura continuam a subir. Adubos, ração para animais e energia são os principais responsáveis

Preços dos meios de produção na agricultura continuam a subir. Adubos, ração para animais e energia são os principais responsáveis

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O índice de preços dos meios de produção na agricultura, em Junho de 2021, voltou a mostrar uma tendência de subida. Naquele mês, assistiu-se a um acréscimo de 7,2% no índice de preços de bens e serviços de consumo corrente causado, principalmente, pelos aumentos dos índices de preços dos adubos e correctivos (+21,8%), energia e lubrificantes (+21,7%) e alimentos para animais (+8,2%).

Refere o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Agosto de 2021, do  Instituto Nacional de Estatística (INE), que, em comparação com o mês anterior, verificou-se um acréscimo de 0,8% no índice de preços de bens e serviços de consumo corrente, tendo as variações mais significativas sido registadas na energia e lubrificantes (+2,2%) e alimentos para animais (+1,3%).

No índice de preços dos bens e serviços de investimento registou-se uma variação positiva de 3,6%, devida, fundamentalmente, aos aumentos dos índices de preços das máquinas e materiais para cultura (+4,6%) e das máquinas e materiais para colheita (+3,5%); em relação ao mês anterior observou-se uma variação positiva de 0,3%.

Preços de produtos agrícolas no produtor

Por sua vez, o índice de preços de produtos agrícolas no produtor, em Julho de 2021, registou variações positivas na batata (+52,9%), azeite a granel (+26,2%), ovos (+22,4%), ovinos e caprinos (+9,8%), frutos (+7,4%), suínos (+7,2%), aves de capoeira (+5,7%), hortícolas frescos (+4,2%) e bovinos (+1,2%), enquanto que no índice de preços das plantas e flores se registou uma variação negativa (-12,6%).

Em relação ao mês anterior, verificou-se um acréscimo no índice de preços dos hortícolas frescos (+10,0%), azeite a granel (+4,2%) e ovinos e caprinos (+0,8%) e uma diminuição no índice de preços dos bovinos (-26,7%), batata (-12,2%), suínos (-12,1%), aves de capoeira (-10,6%), plantas e flores (-8,3%), frutos (-1,6%) e ovos (-0,6%).

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Associação Empresarial da Região do Algarve está a recrutar formadores na área da Gestão Ambiental

Partilhar              O NERA — Associação Empresarial da Região do Algarve encontra-se a recrutar formadores na área …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.