Início / Economia / Preço médio do pescado sobre 17,7% para 4,81 €/kg em Março de 2024

Preço médio do pescado sobre 17,7% para 4,81 €/kg em Março de 2024

O preço médio do pescado descarregado — variável não resultante das capturas nominais mas sim da valorização das quantidades descarregadas vendidas em lota —, em Março de 2024, foi 4,81 euros/kg, ou seja, um aumento de 17,7% (+6,3% em Fevereiro).

Segundo o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Maio de 2024, do Instituto Nacional de Estatística (INE), o preço médio dos peixes marinhos (4,18 euros/kg) teve um acréscimo de 29,1%, para o qual contribuiu a subida registada em espécies como os carapaus, a cavala e o peixe-espada.

O preço médio dos crustáceos (14,67 euros/kg) aumentou 20,1%, nomeadamente pelo valor superior de espécies como a gamba branca, o caranguejo mouro, a santola, os camarões e os perceves.

Pelo contrário, o preço médio dos moluscos (5,59 euros/kg) apresentou uma redução de 14,1%, devido essencialmente à descida de preço do polvo, choco e berbigão.

Adianta o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Maio de 2024 que o volume de capturas de pescado em Portugal, em Março de 2024,  diminuiu 31,6% (-19,3% em Fevereiro), justificado pela menor captura de peixes marinhos (nomeadamente carapau e carapau negrão, cavala e peixe-espada), bem como de moluscos e crustáceos.

Às 4.352 toneladas de pescado correspondeu uma receita que totalizou 21.521 mil euros, valor que representou também um decréscimo de 21,0% (-14,5% em Fevereiro).

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Carmona Rodrigues lidera Grupo de Trabalho para estratégia de gestão, armazenamento e distribuição eficiente da água

Partilhar              O Governo decidiu criar um Grupo de Trabalho para delinear a estratégia multissectorial, “Água que Une”, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.