Início / Agricultura / Prancha de snowboard com cortiça da Corticeira Amorim vence prémio internacional

Prancha de snowboard com cortiça da Corticeira Amorim vence prémio internacional

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A inovadora prancha de snowboard em cortiça, desenvolvida pela empresa suíça Anticonf, com a tecnologia Next Core, com cortiça fornecida pela Corticeira Amorim, foi um dos produtos distinguidos com o Ispo BrandNew 2017, um dos mais conceituados prémios internacionais da indústria de artigos desportivos.

No concurso Ispo BrandNew 2017 a prancha de snowboard de cortiça diferenciou-se pelas suas características ecológicas e pelo alto desempenho técnico.

A prancha, agora premiada, é o resultado de um investimento intensivo em I&D da Anticonf, que permitiu à empresa suíça desenvolver a tecnologia Next Core, que apresenta um desempenho técnico de excelência em termos mecânicas, sendo simultaneamente mais leve e garantindo uma maior absorção de vibrações.

anticonf prancha snowboard 02Questões ambientais

Em linha com a filosofia da empresa Anticonf, que se posiciona como um player que desenvolve “produtos concebidos na Suíça, usando materiais ecológicos ou reciclados com um impacto mínimo no meio ambiente”, a incorporação da cortiça na prancha foi motivada por questões ambientais, uma vez que a cortiça é uma matéria-prima renovável, proveniente de uma floresta sustentável.

Neste âmbito, a solução de cortiça usada, combinada com bambu, substitui o anterior núcleo de madeira longitudinal clássico, e o resultado é uma prancha que direcciona a transmissão de energia dos pés para as extremidades, além de providenciar uma maior flexibilidade e estabilidade (absorção de vibrações), refere um comunicado da Corticeira Amorim.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Petição contra a alteração da idade para assistir ou participar em touradas está a chegar aos 18 mil subscritores

Partilhar              O Conselho de Ministros aprovou no dia 14 de Outubro o decreto-lei que altera a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.