Início / Agricultura / Portugal já tem 26 Parques de Madeira afectada pelos incêndios

Portugal já tem 26 Parques de Madeira afectada pelos incêndios

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, promoveu hoje, 23 de Março, a constituição formal, em Mangualde, de 26 Parques de Recepção e Armazenamento de Madeira afectada pelos incêndios.

A cerimónia, presidida pelo ministro, teve lugar no Salão Nobre da Câmara Municipal de Mangualde.

A assinatura dos termos de aceitação para a criação dos parques surge na sequência das candidaturas apresentadas pelo município de Vila de Rei e por um consórcio de 25 empresas, liderado pela AIMMP — Associação das Indústrias de Madeira e Mobiliário de Portugal.

1 milhão de toneladas de madeira queimada

Situados essencialmente no Norte e Centro do País, estes parques vão recepcionar cerca de um milhão de toneladas de madeira queimada, entre madeira de serração e madeira de trituração.

O parqueamento da madeira envolve um apoio de cerca de 4 milhões de euros do Fundo Florestal Permanente, no âmbito de um conjunto de medidas anunciadas anteriormente pelo Governo e resulta de um processo negocial em que “foram envolvidos os municípios, a produção, a indústria e os prestadores de serviços florestais”, salienta uma nota do Ministério da Agricultura.

4 euros por tonelada

Recorde-se que o Governo decidiu atribuir um apoio aos produtores florestais um subsídio de 4 euros por tonelada de madeira e de 3 euros por tonelada de madeira aos parqueadores de madeira de serração para os parques secos e de 3,5 euros por tonelada para os parques regados.

Para a madeira de trituração o apoio aos parqueadores é de 1,5 euros por tonelada de madeira parqueada.

Preço mínimo

A concessão deste apoio pressupõe, no entanto, a verificação de um preço mínimo de aquisição da madeira (em pé no povoamento) aos produtores de 25 euros por tonelada para a madeira de serração, e de 10 euros por tonelada para a madeira de trituração.

Para além destes apoios, o Governo disponibilizou também duas linhas de crédito, num valor global de 8 milhões de euros, destinadas a apoiar o armazenamento e a comercialização da madeira.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

CAP analisa evolução do sector agrícola na última década em webinar gratuito

Partilhar              A CAP — Confederação dos Agricultores de Portugal realiza no próximo dia 27 de Maio, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.