Início / Agenda / Portugal Fresh leva 25 empresas à Fruit Logistica em Berlim
© Portugal Fresh

Portugal Fresh leva 25 empresas à Fruit Logistica em Berlim

A Portugal Fresh — Associação para a Promoção das Frutas, Legumes, Flores e Plantas Ornamentais, vai divulgar a produção nacional em Berlim, entre amanhã, 7 de Fevereiro, e sexta-feira, dia 9, na Fruit Logistica. A presença na feira internacional, que espera 63 mil visitantes de 140 países, é uma das estratégias de promoção da Portugal Fresh para aumentar a visibilidade das empresas portuguesas nos mercados externos e impulsionar as exportações.

No total, 25 entidades do sector alimentar nacional garantiram um lugar no stand da Portugal Fresh. Destas, 14 são empresas produtoras e exportadoras de frutas e legumes, que levam já a agenda preenchida com reuniões com atuais clientes para reforço de parcerias, e potenciais compradores de várias geografias mundiais.

O grande objectivo da associação é reforçar a competitividade das empresas nos mercados internacionais, valorizar a produção e atingir os 2.500 milhões de euros de exportações de frutas, legumes e flores em 2030. A promoção internacional feita de forma conjunta e estruturada nos últimos 10 anos tem dado um impulso às exportações portuguesas deste sector, refere um comunicado da Associação.

Entre Janeiro e Novembro de 2023 (últimos dados disponíveis), as vendas internacionais ultrapassaram os 2100 milhões de euros. Já em quantidade, as exportações diminuíram cerca de 5%, reflexo também da queda de produção em algumas culturas devido à seca.

A Alemanha é o 4º principal mercado das exportações portuguesas de frutas, legumes e flores, lugar que se mantém estável nos últimos anos. Espanha é o principal comprador, seguido de França e dos Países Baixos. A União Europeia absorve 80% do valor exportado.

Solidariedade com protestos dos agricultores

“A agricultura portuguesa é dinâmica, inovadora e altamente profissional e é isso que vamos mostrar em Berlim. Queremos comprovar o valor acrescentado dos nossos produtos, iniciativa que tem ainda mais peso quando assistimos aos protestos dos agricultores em Portugal e na Europa. A grande preocupação do sector das frutas, legumes, plantas ornamentais e flores é a garantia do livre comércio na União Europeia, pois exportamos 55% do valor que produzimos e 80% do valor é exportado para a União Europeia. Os principais mercados são Espanha, França, Países Baixos, Alemanha e Reino Unido”, afirma Gonçalo Santos Andrade, presidente da Portugal Fresh.

“Os agricultores estão preocupados com os consumidores, que cada vez mais procuram os nossos produtos para conseguirem ter uma alimentação equilibrada e saudável. Mas a segurança alimentar na União Europeia está em causa devido às ambições desmedidas previstas no European Green Deal e na estratégia Farm to Fork, que vão originar um decréscimo de produção na UE e um aumento das importações de alimentos de países terceiros”, acrescenta, lembrando que a UE é apenas responsável por 6,4% das emissões a nível mundial.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

ASAE apreende 9 toneladas de carne imprópria para consumo em entreposto ilegal no distrito de Évora

Partilhar              A ASAE – Autoridade de Segurança Alimentar e Económica procedeu ao desmantelamento e suspensão total …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.