Início / Empresas / Portugal Air Summit. Ministra da Coesão Territorial em Ponte de Sôr: “queremos um Alentejo forte, renovado e de olhos postos no futuro”
Hugo Pereira Hilário e Ana Abrunhosa

Portugal Air Summit. Ministra da Coesão Territorial em Ponte de Sôr: “queremos um Alentejo forte, renovado e de olhos postos no futuro”

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

“Queremos que o Alentejo se renove e robusteça, que construa e aproveite as universidades, os politécnicos, os centros de conhecimento e laboratórios colaborativos. Que combata, ao nosso lado, essa ideia de Interior pobre e rural, porque hoje tem opções e pode escolher novos caminhos. E pode voar até eles”, afirmou a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

A Ministra falava no segundo dia do Portugal Air Summit, a maior cimeira ibérica de aeronáutica que se realiza pela quarta vez em Ponte de Sôr, onde também foi assinado um protocolo entre o CEiia e a empresa Desaer para o desenvolvimento de uma aeronave ligeira de nova geração para um mercado de curtas distâncias, multi-configurável para maior flexibilidade na logística de passageiros e mercadorias, desenhada para menores custos operacionais e maior sustentabilidade, prevendo ainda a evolução para plataforma neutra em carbono.

Nesta edição do Portugal Air Summit, organizada pela Câmara Municipal de Ponte de Sôr, presidida por Hugo Pereira Hilário, muitos foram os temas em debate, nos quais os diversos players do sector aeronáutico se debruçaram pelos dois auditórios. Paralelamente ao evento, decorre o EuRoc – European Rocketry Challenge, a primeira competição universitária europeia de lançamento de rockets (foguetes), que procura estimular estudantes e investigadores de engenharia na concepção, construção e lançamento dos próprios veículos.

Alentejo 2020

Ana Abrunhosa referiu, na sua intervenção, que os fundos europeus do Programa Operacional Regional Alentejo 2020 vão permitir um investimento de 6 milhões de euros destinados “à contratação de 58 profissionais altamente qualificados” para este e outros projectos da região.

Este “é um projecto estruturante para Ponte de Sôr, para Portalegre, para a região do Alentejo, mas, acima de tudo, para o País”, disse a ministra, acrescentando que o seu papel “enquanto governante com a tutela dos fundos europeus regionais, é garantir que estes fundos possam servir para a aposta em áreas estratégicas, como esta” e “garantir que que eles sejam uma arma no combate às desigualdades e um instrumento de afirmação dos territórios”.

Ana Abrunhosa classificou ainda o Alentejo como uma região que investe “num futuro de inovação, de tecnologia e de conhecimento, com empresas preparadas e alavancadas em ciência” e “onde se trabalha a partir da transferência de conhecimento e tecnologia da academia para as empresas, em rede, num esforço conjunto de que todos beneficiam, mobilizando a região e envolvendo todos os actores”.

Entrevista a Hugo Pereira Hilário, presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sôr, aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Câmara Municipal lança aplicação de apoio às empresas do concelho com o lema “Compre em Barcelos”

Partilhar            A Câmara Municipal de Barcelos, através de uma parceria com a marca P.negócios.pt, vai disponibilizar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.