Início / Empresas / Porto de Aveiro revoluciona gestão de carga com soluções 5G da Vodafone e Ericsson

Porto de Aveiro revoluciona gestão de carga com soluções 5G da Vodafone e Ericsson

A utilização da rede 5G da Vodafone vai permitir ao Porto de Aveiro monitorizar e gerir a sua carga em tempo real, através de soluções de replicação digital e de aplicações e dispositivos de realidade virtual e realidade aumentada.

Estas inovações tecnológicas, que estão a ser implementadas em parceria com a Ericsson e utilizadas pelos operadores portuários, “vão contribuir para reduzir a pegada ambiental das actividades e melhorar a eficiência, a segurança e rentabilidade das operações”, garante a Vodafone em nota de imprensa.

Este projecto consiste numa prova de conceito de gestão de carga que, assente numa rede privada 5G de última geração, em software logístico dedicado e em câmaras de alta definição, começou a ser implementada em Maio num dos armazéns do Terminal Multiusos da Administração do Porto de Aveiro e “possibilitará avanços substanciais aos operadores portuários na localização, movimentação e armazenamento de cargas neste que é um dos cinco maiores portos do País”.

A solução desenvolvida pela Ericsson está assente nas tecnologias estudadas e testadas como parte do projecto Corealis para os portos, no âmbito do programa europeu Horizonte 2020. Esta solução “tem sido amplamente reconhecida em vários eventos internacionais do sector pelo seu impacto positivo na sustentabilidade, eficiência energética e redução de CO2”, acrescenta a mesma nota. Baseia-se num Core 5G Stand Alone dedicado e integra sensores 5G com uma série de aplicações de software inovadoras as quais, correndo sobre a rede 5G da Vodafone, permitem uma operação completa, eficiente e sustentável do terminal portuário.

Identificar em tempo real a posição de toda a carga

Por um lado, através de uma aplicação dedicada, os operadores podem identificar, em tempo real, a posição de toda a carga numa área designada do terminal. Adicionalmente, recorrendo a um Expert System e a tablets com realidade aumentada, poderão guiar as operações de carga e armazenamento dos fretes.

Uma terceira inovação é a disponibilização de um gémeo digital, uma réplica do terminal em tempo real construída com informações recolhidas a partir da carga, do plano de carga, dos fretes e dos veículos. Além de usar um algoritmo logístico especializado para organizar e posicionar os fretes, com óculos de realidade virtual será possível simular uma operação de carga completa, verificando fretes e a sua posição e definindo a melhor estratégia para a operação.

Para Henrique Fonseca, administrador com o pelouro da Unidade de Negócios Empresariais da Vodafone Portugal, “a solução instalada no Porto de Aveiro vai permitir, a quem está todos os dias na linha da frente das exportações portuguesas, percepcionar as vantagens reais de uma rede 5G potente, fiável e flexível como a da Vodafone. Ao agilizar as suas tarefas e permitir expandir a sua actividade, a nossa rede dá um contributo claro a um dos pontos nevrálgicos da economia nacional, abrindo caminho a outros operadores que queiram implementar soluções diferenciadas”.

Já Gema Brea Ibáñez de Gauna, directora de vendas da Ericsson, considera que “os portos e a navegação são vitais para o bom funcionamento de uma economia global. A transformação digital desta indústria representa uma oportunidade única para Portugal, e as redes 5G privadas vão permitir acelerá-la. Graças às mais inovadoras soluções da Ericsson e à rede 5G da Vodafone, o Porto de Aveiro vai tornar-se um dos mais modernos do País, com uma conectividade móvel rápida, segura e fiável a abrir novas possibilidades para ser precursor de um futuro sustentável”.

Por sua vez, Isabel Moura Ramos, vogal do conselho de administração do Porto de Aveiro com o pelouro de desenvolvimento de negócios, revela que “a APA aceitou, desde logo, o desafio lançado pela Vodafone e Ericsson na certeza que esta prova de conceito será um acelerador para a modernização, eficiência e descarbonização do Porto de Aveiro, podendo vir a ser um exemplo a nível nacional. Esperamos como resultados, a optimização e eficiência da gestão das operações de cargas de dimensões variadas num armazém que é hoje da Autoridade Portuária, mas utilizado pelos dois operadores portuários, parceiros do projecto”.

Este caso de uso vai colocar as características da rede 5G — elevada velocidade de transmissão, alta capacidade de processamento de dados, baixa latência e elevada fiabilidade e segurança — “ao serviço da eficiência, competitividade e sustentabilidade de um dos principais portos marítimos portugueses”, realça a Vodafone.

Com a finalização do projecto, segue-se um relatório com as conclusões dos benefícios agregados da utilização desta solução.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

PDR 2020 tem mais 46 M€ para apoio à aquisição e instalação de painéis fotovoltaicos na agricultura, na transformação e aproveitamentos hidroagrícolas

Partilhar              O Ministério da Agricultura e da Alimentação informa que estão abertas as candidaturas para aquisição …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.