Início / Agricultura / Ponte de Lima: Prémio Empreendedorismo e Desenvolvimento Rural já tem vencedores

Ponte de Lima: Prémio Empreendedorismo e Desenvolvimento Rural já tem vencedores

Os vencedores do Prémio Empreendedorismo e Desenvolvimento Rural 2016, promovido pela Câmara Municipal de Ponte de Lima, recebeu 11 candidaturas. Os três vencedores já são conhecidos: Hidroflora, Borealis on Trekking e Caracol do Lima.

O primeiro lugar coube à Hidroflora – Cultura de Hortícolas Folhosas através da técnica de cultivo de plantas sem solo, apenas com água nutrida (hidroponia), com um prémio de 1.500 euros e oferta de um espaço a título gratuito durante um ano em eventos do sector promovidos pelo Município de Ponte de Lima.

O 2.º lugar premiou uma empresa de realização de caminhadas e observação de estrelas, a Bolealis on Trekking, que assenta a sua actividade pela ruralidade do concelho de Ponte de Lima, dando a conhecer aos participantes a região, as gentes locais, os seus usos e costumes. A Bolealis ganhou um prémio com um valor de 800 euros e um espaço a título gratuito durante um ano.

Em terceiro lugar ficou a Caracol do Lima – Helicicultura – de criação de caracóis em viveiro, a quem foi atribuído um prémio no valor de 500 euros. A todos os concorrentes foi atribuído um certificado de participação.

Prémio lançado em 2011

Lançado em 2011 pelo Município de Ponte de Lima, o “Prémio Empreendedorismo e Desenvolvimento Rural”, destina-se aos empresários, com o objectivo de desafiar o meio empresarial e todos aqueles que se sintam capazes de apresentar um projecto estruturante e que garanta a sustentabilidade ambiental, económica e social do concelho.

Por outro lado, procuram-se ideias que sejam geradoras de emprego, e projectos inovadores, designadamente os que contribuam para a concretização do reforço da identidade e imagem do local bem como a valorização de produtos/recursos genuinamente regionais, centrados em áreas como: agricultura, pecuária, turismo/lazer, agricultura biológica/agro-indústria, floresta, artesanato, pastorícia, e outras actividades desde que sejam ambientalmente sustentáveis, inseridas em áreas de cariz rural e com impacto para a economia local.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

III Fórum Smart Farm Anipla debate alimentos seguros, agricultura e tecnologia

Partilhar              A Anipla — Associação Nacional da Indústria para a Protecção das Plantas organiza o III …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.