Início / Agricultura / Ponte de Lima valoriza Mercado Municipal com apoio de 50 mil euros do PDR 2020

Ponte de Lima valoriza Mercado Municipal com apoio de 50 mil euros do PDR 2020

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Município de Ponte de Lima vai valorizar o seu Mercado Municipal com um financiamento de cerca de 50 mil euros aprovado pelo PDR 2020. O objectivo é o desenvolvimento e a sustentabilidade de actividades agrícolas.

A autarquia de Ponte de Lima viu aprovada a candidatura apresentada ao Plano para o Desenvolvimento Rural 2020 (PDR 2020), Medida 10 Leader/Adril, no âmbito da Medida Cadeias Curtas e Mercado Locais. A candidatura, apresentada em Fevereiro deste ano, com a designação de ”Mercado da Vila – Beneficiação e Dinamização do Mercado Municipal de Ponte de Lima”, tem um investimento de 97.005,21 euros e financiamento de 50.106,29 euros de FEADER.

Esta divide-se em dois tipos de acções: uma de carácter infra-estrutural/material através da qual se prevê a beneficiação das instalações do Mercado Municipal, seja ao nível do conforto, da higiene e salubridade e outras, de carácter imaterial, através de acções de divulgação e promoção junto de produtores e consumidores, que criem novos hábitos e novas rotinas, tentando-se desde logo associar um novo conceito e imagem que agregue a tradição e a modernidade.

Desenvolvimento e a sustentabilidade de actividades agrícolas

Esta iniciativa integra-se num conjunto mais alargado de outros projectos e acções promovidos pelo Município e parceiros locais, que “contribuirão certamente para estimular o desenvolvimento e a sustentabilidade de actividades agrícolas, permitindo aos pequenos produtores escoar os seus produtos que resultam, na sua grande maioria, de práticas culturais menos intensivas, privilegiando a produção local e a comercialização de proximidade”, realça fonte institucional da autarquia.

O Mercado Municipal, que se passará a designar para efeitos promocionais de Mercado da Vila, revela-se ao mesmo tempo “uma mais-valia para a dinamização do centro da vila, já que sempre foi uma referência sócio-económica e urbana muito forte, que precisa de ser preservada e dinamizada”.

A intervenção insere-se também na política da dinamização do centro histórico de Ponte de Lima, promovendo-se “uma vivência deste espaço na componente comercial e de serviços, contrariando um crescimento periférico e disperso intrínseco à expansão das cidades onde predominam as grandes superfícies comerciais, predestinando os centros urbanos a um certo abandono com consequências negativas seja em termos sociais económicos e de preservação do edificado”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Ministra da Agricultura inaugura reabilitação do Aproveitamento Hidroagrícola da Camba

Partilhar              A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, e o secretário de Estado da Agricultura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.