Início / Agricultura / Ponte de Lima promove criação da Associação de Municípios Portugueses do Cavalo

Ponte de Lima promove criação da Associação de Municípios Portugueses do Cavalo

O Município de Ponte de Lima promoveu ontem, dia 8 de Julho de 2022, um encontro com vários Municípios com actividades equestres e algumas associações do sector, no qual assinaram um Memorando de Entendimento para a Constituição da Associação de Municípios Portugueses do Cavalo.

No âmbito da XIV Feira do Cavalo de Ponte de Lima, que decorre de 7 a 10 Julho, marcaram presença as autarquias da Golegã, Alter do Chão, Barcelos, Esposende, Fundão, Ponte da Barca, Viana do Alentejo, Viana do Castelo, Vila Pouca de Aguiar e Ponte de Lima.

Paralelamente, demostraram interesse em associar-se a esta Associação os Municípios de Valongo, Alfandega da Fé, Lagoa, Serpa, Santarém e Ponta Delgada, avança fonte institucional da autarquia de Ponte de Lima.

Assinaram também este Memorando de Entendimento para a Constituição da Associação de Municípios Portugueses do Cavalo, a Federação Equestre Portuguesa, a Associação Nacional de Turismo Equestre e a Associação Portuguesa de Criadores do Cavalo Puro-Sangue Lusitano.

XIV Feira do Cavalo de Ponte de Lima

Abriu oficialmente, a 7 de Julho a XIV Feira do Cavalo de Ponte de Lima, a decorrer na Expolima até amanhã, 10 de Julho.

Um “projecto equestre que traz valor, prestigio e reconhecimento à região, a Feira do Cavalo de Ponte de Lima é cada vez mais procurada por profissionais e aficionados da modalidade, consolidando-se como um evento de referência”, garante a autarquia de Ponte Lima.

O primeiro dia do evento teve como ponto alto, a realização da Gala Equestre, que contou com Cavaleiros de Equitação de Trabalho, incluindo alguns Campeões do Mundo, e que atraiu milhares de pessoas.

Este evento é também considerado um dos mais relevantes do concelho, disse o presidente da Câmara Municipal, Vasco Ferraz, “um dos que atrai a esta terra um maior número de visitantes, um dos que mais impacto provoca no público e um dos que mais contribui, graças a todo o trabalho de organização e divulgação envolvidos neste certame, para a afirmação regional, nacional e internacional de Ponte de Lima”.

Com forte predominância desportiva, a presente edição da Feira do Cavalo de Ponte de Lima tem registado um recorde de inscrições no concurso de Modelo e Andamento. Esta adesão reflecte a importância do Cavalo Lusitano, como factor de atractividade, que leva àquela vila adeptos do “turismo a cavalo”, assim como também do “turismo do cavalo”, ou seja, cavaleiros recreativos/de competição e admiradores de eventos equestres.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Chega recomenda ao Governo reversão da extinção das Direcções Regionais de Agricultura

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Chega (CH) recomenda ao governo que “reverta a decisão de extinção …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.