Início / Featured / Polícia Marítima executa mandatos de busca e apreende 3.423 kg de amêijoa

Polícia Marítima executa mandatos de busca e apreende 3.423 kg de amêijoa

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Serviço de Investigação Criminal da Polícia Marítima, com a colaboração do Grupo de Acções Tácticas e do Comando-local da Polícia Marítima de Lisboa, executou no dia 13 de Dezembro, dois mandados de busca e apreensão em armazém ilegais de receptação e expedição de bivalves, provenientes da captura ilegal no rio Tejo.

Nesta operação foram identificados diversos mariscadores ilegais, na sua maioria de nacionalidade Romena, e constituídos dois arguidos de nacionalidade portuguesa, ligados à receptação dos bivalves. Foram ainda apreendidos 3.423 kg de amêijoa japónica, 19 aparelhos de apanha de amêijoa, uma viatura de transporte de bivalves, duas armas, uma delas uma pistola 22mm “Smith & Wesson” carregada com 10 munições, uma máquina de jogo de “fortuna ou azar”, €7.637,30, cinco balanças electrónicas, cinco máquinas de calcular, informa a Autoridade Marítima Nacional através de comunicado.

Foram ainda apreendidas quatro embarcações utilizadas na apanha ilegal de amêijoa japónica no rio Tejo, por embarcações do Comando-local da Polícia Marítima de Lisboa.

Investigações em curso

As buscas executadas advêm de investigações que decorrem no Serviço de Investigação Criminal da Polícia Marítima, no âmbito de processos-crime onde se investigam diversos crimes praticados por “redes” ilegais de apanha, comercialização e expedição de bivalves, capturados ilegalmente e com recurso a processos e mão-de-obra ilegal no Rio Tejo.

Com esta operação eleva-se assim para 13 o número de arguidos já constituídos em processos-crime neste âmbito e para oito o número de armazéns ilegais e de receptação, destinados à aquisição e expedição de bivalves, que o Serviço de Investigação Criminal da Polícia Marítima já desmantelou, só na zona Sul do Estuário do Tejo.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Língua azul dos ovinos: DGAV determina vacinação obrigatória no Algarve, Alentejo e distrito de Santarém

Partilhar              A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária, na sequência da confirmação de novos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.