Início / Agenda / Plano de Recuperação e Resiliência tem10 M€ para apoiar Organizações de Produtores Florestais

Plano de Recuperação e Resiliência tem10 M€ para apoiar Organizações de Produtores Florestais

O Ministério do Ambiente e da Acção Climática informa que foram lançados ontem, 14 de Janeiro, dois Avisos Convite para financiamento de acções a executar por Organizações de Produtores Florestais e Centros de Competências do sector florestal, com um montante global de 2,3 milhões de euros.

Estas verbas , explica uma nota de imprensa do Ministério, são provenientes da dotação global de 10 milhões de euros para “Reforço de Actuação das Organizações de Produtores Florestais e dos Centros de Competências do Sector Florestal” do investimento “Programa MAIS Floresta” da “Componente C08 – Floresta” do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Um dos Avisos Convite, no valor de 1,664 milhões de euros, é destinado às Organizações de Produtores Florestais de âmbito nacional ou regional de natureza federativa. “Estas são um parceiro privilegiado do Estado para valorizar a floresta e a sua gestão activa, pelo que as acções a apoiar irão contribuir para a promoção da eficiência e competitividade do sector florestal e para a resiliência dos territórios rurais”, refere a mesma nota.

Estas verbas irão financiar a 100% acções de gestão florestal, de estabilização de emergência pós-incêndio, de implementação de processos de certificação da gestão florestal sustentável ou de extensão florestal, através da informação, sensibilização, aconselhamento e apoio aos proprietários e produtores florestais.

Segunda fase de apoios em Abril

Em Abril, após a decisão das candidaturas apresentadas pelas Organizações de Produtores Florestais de âmbito nacional ou regional de natureza federativa, será iniciada a segunda fase de atribuição de apoios, relativa a 7,7 milhões de euros, com a abertura de um novo Aviso Convite dirigido às restantes Organizações de Produtores Florestais com actividade demonstrada no território.

“Estas vão desenvolver e executar acções relevantes para a gestão da floresta que se prendem com o aumento da área com gestão agregada de pequenas propriedades, controlo de agentes bióticos nocivos e prevenção de fogos rurais”, refere ainda o Ministério do Ambiente e da Acção Climática.

O outro Aviso Convite, no valor de 624 mil euros, visa potenciar as parcerias constituídas no âmbito dos Centros de Competências do sector florestal, que funcionam como estruturas de agregação dos produtores e proprietários, da indústria, do sistema científico e tecnológico nacional e das autarquias.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Bolsa do Porco – Semana 02/2022 – Subida de 0,010 euros

Partilhar               Análise da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores Mercado europeu Espanha deu …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.