Início / Agricultura / Phil Hogan garante: Portugal sem cortes nos pagamentos directos da PAC

Phil Hogan garante: Portugal sem cortes nos pagamentos directos da PAC

O comissário europeu para a Agricultura, Phil Hogan, assegurou que Portugal não será penalizado pelos cortes nos pagamentos directos feitos aos agricultores no âmbito da Política Agrícola Comum (PAC). Isto apesar da proposta da Comissão Europeia de um corte de 5%.

“A proposta de hoje protege os pagamentos directos”, disse Hogan, em conferência de imprensa, garantindo que três Estados-membros, incluindo Portugal, não sofrerão quaisquer cortes no envelope financeiro que recebem no primeiro pilar da PAC, no âmbito do Quadro Financeiro Plurianual 2021-2027.

Granes empresários perdem

Segundo a proposta da Comissão, os cortes serão calculados com base na dimensão das propriedades. Prevê-se que os grandes produtores sejam os mais afectados com os cortes. Por outro lado, tenta.se evitar que os pequenos produtores seja atingidos pelas consequências da redução do orçamento da União.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Confagri lança série de 5 vídeos sobre “As Cooperativas e a Inovação na Agricultura”

Partilhar              A Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal quer …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.