Início / Agricultura / Pesca descarregada e o gado abatido em queda na Madeira

Pesca descarregada e o gado abatido em queda na Madeira

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A pesca descarregada e o gado abatido na Região Autónoma da Madeira diminuíram em 2015 face ao ano anterior. A produção de ovos e abate de frango aumentaram, revela a Direcção Regional de Estatística da Madeira (DREM).

No ano de 2015, a produção de ovos foi de 23,8 milhões de unidades, crescendo 6,1% face ao ano anterior. Evolução semelhante registou-se no abate de frango cujo volume rondou as 4,0 mil toneladas em 2015, aumentando 6,2% face a 2014.

Por sua vez, o abate de gado totalizou 875,2 toneladas em 2015, diminuindo 5,0% face ao ano precedente. Esta evolução reflecte a redução de bovinos abatidos (-6,2% em termos de peso), sendo que esta espécie representou, no ano em análise, 98,2% do total do gado abatido (99,5% em 2014).

No domínio da pesca, o ano de 2015 caracterizou-se por uma redução tanto nas quantidades capturadas de pescado (-24,9%, cifrando-se o total anual em 5,6 mil toneladas) como no valor (-6,3%, sendo o total anual de 15,6 milhões de euros).

Decréscimo da captura de atum

A evolução nas quantidades resultou fundamentalmente do decréscimo nas capturas do atum e similares (-43,7%), que não ultrapassaram no ano em apreço as 2,8 mil toneladas (48,9% do total de pesca descarregada). A segunda espécie mais capturada foi a do peixe-espada preto, que registou uma evolução negativa ligeira face ao ano anterior. As capturas desta espécie decresceram 0,6%, atingindo um total de 1,9 mil toneladas em 2015. Em termos de receita na primeira venda, o peixe-espada preto observou um acréscimo de 15,1% face a 2014, totalizando 7,2 milhões de euros, enquanto o atum e similares diminuiu 24,7% para um valor de 7,0 milhões de euros.

Em 2015, o preço médio anual do pescado descarregado na primeira venda foi de 2,77 euros (a média mais alta desde que há registo), atingindo no caso do atum e similares 2,53 euros e para o peixe espada-preto os 3,77 euros (também um máximo histórico).

aves e pesca madeira 2015

Para mais informação aceda a:

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

PSD pede à ministra da Agricultura que esclareça atribuição de terrenos agrícolas em Idanha-a-Nova

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata (PSD) quer saber o que se passou com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.