Início / Agenda / Ferramentas digitais. PEI-AGRI procura 20 especialistas para fomentar competitividade e sustentabilidade da agricultura e silvicultura

Ferramentas digitais. PEI-AGRI procura 20 especialistas para fomentar competitividade e sustentabilidade da agricultura e silvicultura

A Parceria Europeia da Inovação (PEI-AGRI) tem um novo Focus Grupo #45: “Ferramentas digitais para gestão sustentável de nutrientes”, que visa fomentar a competitividade e a sustentabilidade da agricultura e da silvicultura. A primeira reunião está agendada para os dias 15 e 16 de Março de 2022. E a Rede Rural Nacional (RRN) informa que esta entidade está à procura de 20 especialistas de toda a União Europeia para participarem no Focus Grupo.

Estes 20 especialistas podem ser agricultores, consultores, cientistas e, quando apropriado, representantes da indústria, da sociedade civil ou de outros actores relevantes. As inscrições estão abertas até 11 de Janeiro de 2022  —23h59; horas CET (hora de Bruxelas) —, aqui.

O Focus Group reunir-se-á pelo menos duas vezes, durante um período de 12 meses, para encontrar uma resposta à principal questão: “Quais são as principais condições, funções e requisitos técnicos a serem desenvolvidos, para promover e facilitar o uso de aplicativos digitais para a gestão de nutrientes na agricultura?”.

Avança a RRN que o melhor conhecimento e a compreensão dos processos naturais afectados pelas operações de gestão agrícola, são fundamentais para melhorar a eficiência e as soluções digitais podem ajudar os agricultores a gerar esse conhecimento, bem como na tomada de melhores decisões de gestão. Uma gestão de recursos eficiente irá melhorar a sustentabilidade económica e ambiental das explorações agrícolas.

Por outro lado, os sistemas de aconselhamento no futuro quadro da Política Agrícola Comum (PAC) deverão usar aplicações digitais para suporte de decisão de gestão nas explorações, para a gestão de nutrientes com especial foco no azoto e fósforo (como a Ferramenta de Sustentabilidade Agrícola da Comissão Europeia – ou FaST).

A Comissão Europeia pretende desenvolver uma plataforma modular para a criação e utilização de soluções para agricultores, com base em “machine learning”, aplicado ao reconhecimento de imagem, bem como o uso e reutilização de IoT em operações baseadas em dados de clima, aplicativos de observação da Terra para aplicação de gestão de precisão da rega, gestão de pragas, avaliação de emissões e remoções de GEE (ou seja, agricultura de carbono), entre outros.

Frisa a RRN que “a presença de portugueses será muito importante para que as condições particulares de Portugal e do Sul da Europa sejam tidas em conta, tanto que mais que os resultados são utilizados para a abertura de concursos de programas Europeus, bem como influenciam decisões sobre futuras medidas de política”.

Pode inscrever-se na primeira reunião agendada para os dias 15 e 16 de Março de 2022 aqui.

Saiba mais sobre este Focus Grupo aqui.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Webinar “Impacto sócio-económico do olival no mediterrâneo” apresenta projecto europeu Artolio

Partilhar              A APPITAD — Associação de Produtores em Protecção Integrada de Trás-os-Montes e Alto Douro promove …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.