Início / Agricultura / Parlamento dos Açores aprova alternativa à pirotecnia nas touradas à corda

Parlamento dos Açores aprova alternativa à pirotecnia nas touradas à corda

O deputado do Partido Social Democrata dos Açores (PSD/Açores) Paulo Silveira saudou hoje, 19 de Abril, a aprovação da proposta dos partidos da Coligação (PSD, CDS-PP e PPM) que cria uma “alternativa” ao uso de material pirotécnico nas touradas à corda, resolvendo o problema das ilhas em que “não existem condições de armazenamento de artigos de pirotecnia”.

“Em São Jorge, por exemplo, não existem quaisquer estabelecimentos de armazenagem – paióis – e venda de artigos de pirotecnia, pelo que nenhuma empresa do sector poderá fornecer tais artigos aos promotores dos eventos”, referiu o social-democrata.

Paulo Silveira, avança uma nota de imprensa do PSD/Açores, explicou que a iniciativa dos grupos parlamentares do PSD, CDS-PP e PPM “permitiu, a título excepcional, que a saída do toiro e a sua recolha sejam assinaladas através de sinal sonoro, permitindo aos promotores jorgenses de manifestações taurinas realizar os eventos dentro da legalidade, com segurança e mantendo aquela tradição”, disse.

E frisou que São Jorge “é uma ilha de ‘afición’, com praça de toiros e tertúlia tauromáquica, comprovando-se essa característica pelas suas oito ganadarias, com mais de 400 cabeças de gado bravo”.

Recordou também que, em 2022, foram realizadas “mais de 40 manifestações taurinas e, por não haver paióis licenciados para armazenamento de artefactos pirotécnicos em São Jorge, nem haver estanqueiros licenciados, isto é, por não haver fogo licenciado para ser comercializado, houve lugar à aplicação de coimas pelos dois municípios, ainda que pelos valores mínimos legais”.

O deputado do PSD/Açores acrescentou que, “a manter-se a situação actual, a época taurina de 2023, que se inicia em menos de 15 dias, será de reincidência dos proponentes”.

“Com esta alteração, cria-se esse conceito de sinal sonoro de recurso, alternativo aos foguetes, audível de forma clara, expressiva e inimitável, em todo o percurso da tourada à corda, permitindo assim cumprir com o que está previsto na Lei, no que concerne às manifestações taurinas, particularmente na ilha de São Jorge”, concluiu.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Câmara de Santarém atribui Medalha de Ouro ao CNEMA

Partilhar              A Câmara de Santarém condecorou hoje, 14 de Junho, o CNEMA — Centro Nacional de …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.