Início / Agricultura / PAN Açores denúncia incumprimento no transporte marítimo de animais vivos. Governo Regional abre inquérito

PAN Açores denúncia incumprimento no transporte marítimo de animais vivos. Governo Regional abre inquérito

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O director Regional da Agricultura afirmou que o Governo dos Açores vai abrir um inquérito para apurar as denúncias de incumprimento no transporte marítimo de animais vivos entre os Açores e o continente português feitas pelo Partido das Pessoas, dos Animais e da Natureza (PAN).

“Face às denúncias feitas pelo PAN, decidimos abrir um inquérito, com carácter de urgência, para apurar ao pormenor se, de facto, houve ou não incumprimentos legais no transporte marítimo de animais vivos a partir dos Açores e se, na verdade, os percursos relatados e as demoras referenciadas de facto ocorram”, referiu José Élio Ventura.

Fotos: PAN Açores

“Sobrelotação, animais amarrados sem abeberamento e sem espaço para deitar durante uma semana e meia. Isto é transporte sem dignidade. Isto é ilegal. Isto envergonha-nos como região”, denuncia o PAN Açores.

Bem-estar animal

Para o director Regional da Agricultura, é fundamental “tudo fazer” para esclarecer este assunto no mais curto espaço de tempo, tanto mais que o bem-estar animal tem sido “uma preocupação constante do Governo dos Açores”, que tem vindo a reforçar acções e medidas políticas nesta matéria.

“O pior que pode acontecer a uma região como os Açores, associada a uma agricultura de grande qualidade, de bem-estar animal e de sustentabilidade, é que se lancem suspeitas mediaticamente sem que estas sejam devidamente confirmadas e comprovadas pelas autoridades competentes, contribuindo para baralhar e confundir a opinião pública”, frisou.

Independentemente do que vier a ser apurado, José Élio Ventura assegurou que, no caso concreto da Ilha das Flores, todos os embarques e transporte marítimo de animais vivos que foram realizados após a passagem do furacão Lorenzo têm sido acompanhados por um tratador, nos termos da legislação em vigor, sendo os contentores verificados à partida por um médico veterinário, apesar do cumprimento das regras de bem-estar ser da responsabilidade dos operadores.

José Élio Ventura salientou ainda que a Região possui um Plano de Protecção Animal, validado anualmente, em função das alterações legislativas verificadas, que define, designadamente, as regras e os mecanismos de controlo da expedição de animais vivos.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 18 a 24 Maio 2020

Partilhar            Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas Ovinos Na semana em análise apenas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.