Início / Agricultura / Os Verdes realizam acção de controlo de plantas invasoras na Mata Nacional do Bussaco

Os Verdes realizam acção de controlo de plantas invasoras na Mata Nacional do Bussaco

O Partido Ecologista Os Verdes (PEV), vai realizar uma acção de controlo de plantas invasoras (trabalho de campo) na Mata Nacional do Bussaco, Mealhada, no próximo dia 16 de Julho, sábado, da parte da manhã, a partir das 9h30.

Esta iniciativa, após o trabalho de campo, contará com um piquenique partilhado e com uma sessão literária que abordará a importância do Bussaco na Literatura Portuguesa, uma Mata que “tem servido de referência e inspiração a muitos autores, nomeadamente da região”.

Os Verdes com esta acção pretendem alertar para a problemática das espécies exóticas invasoras, tendo em conta que “são uma das maiores ameaças à biodiversidade e ao equilíbrio dos ecossistemas e contribuir, directamente, para o controlo das invasoras”.

Por outro lado, o PEV pretende destacar e aliar a importância da natureza e do ambiente, à literatura, como fonte inspiração e referência a muitos autores, como é o caso do Bussaco.

A inscrição pode ser realizada em formulário disponibilizado online, aqui, ou através do e-mail osverdescentro@gmail.com.

S.O.S Natureza

A acção, que contará com dirigentes nacionais do Partido, insere-se na campanha nacional S.O.S Natureza que o PEV está a levar a cabo e que percorrerá o País até ao final de 2022, ano em que Os Verdes celebram 40 anos de Acção Ecologista.

A campanha incide sobre várias temáticas em defesa da biodiversidade e dos ecossistemas, contando com um alargado conjunto de acções em diversas vertentes, com vista a multiplicar o esclarecimento e a mobilizar a sociedade para a acção na defesa da Natureza.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Xylella fastidiosa em videiras de Castelo Branco e Fundão. DGAV dá 10 dias para destruição imediata das plantas

Partilhar              A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que foi confirmada a presença da …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.