Início / Agricultura / “A origem do Alvarinho”, a nova campanha de promoção para Monção e Melgaço

“A origem do Alvarinho”, a nova campanha de promoção para Monção e Melgaço

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) apresentou, a 21 de Outubro, no Convento dos Capuchos (Monção), a nova campanha de promoção da sub-Região de Monção e Melgaço.

Com a assinatura “A Origem do Alvarinho” que explora os temas “Origem e Destino”, “Origem e Carácter” e “Origem e Descoberta”, a nova campanha de promoção destaca o carácter próprio do Vinho Verde Alvarinho e sublinha a origem de colheitas de excepção produzidas a partir daquela casta num território repleto de História e de tradição.

O Plano de Promoção da sub-Região de Monção e Melgaço é liderado pela Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) e conta com três milhões de euros para um período de seis anos, durante os quais “a origem do Alvarinho” será sublinhada com um selo de garantia exclusivo, entre outras acções de alavancagem autónoma daquele território dentro da Região.

Fruto do “Acordo Alvarinho”, o Plano de Promoção efectiva a certificação da autenticidade, origem e qualidade dos vinhos de Monção e Melgaço através da aposição de um selo de garantia novo e exclusivo atribuído pela CVRVV, sublinhando um segmento de maior valorização dentro do universo “Vinho Verde”.

Acções variadas

Paralelamente, um projecto específico de promoção vai desde a certificação até campanhas publicitárias, programas de formação, apresentações à comunicação social e ao trade ou provas técnicas que potenciem as características diferenciadoras dos produtos vínicos de Monção e Melgaço. Enquanto berço dos famosos vinhos da casta Alvarinho – considerados o ex-libris da Região dos Vinhos Verdes – a sub-Região será alvo de acções de promoção que a posicionam com a assinatura “a origem do Alvarinho” de forma distintiva.

“Pela primeira vez em Portugal, uma sub-Região é destacada como sendo válida só por si. É necessário reconhecer a exclusividade dos vinhos de Monção e Melgaço e reforçar aquela sub-Região como território de origem da casta Alvarinho no universo dos Vinhos Verdes. Já acontece noutros países como França há largos anos e, olhando para a nossa Região, urge que se distinga aquele território como único”, salienta o presidente da CVRVV, Manuel Pinheiro.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

UE aprova regime português de 150 M€ para apoiar empresas dos Açores afectadas pela pandemia

Partilhar            A Comissão Europeia aprovou, ao abrigo das regras da União Europeia em matéria de auxílios …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.