Início / Agricultura / Organização Internacional da Vinha e do Vinho reforça cooperação com a Rússia

Organização Internacional da Vinha e do Vinho reforça cooperação com a Rússia

A Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) anunciou que vai reforçar a sua cooperação com os produtores russos. A Organização realça a importância da aplicação das normas internacionais na regulamentação russa, a fim de evitar eventuais problemas de conformidade aos produtores locais, mas também entraves comerciais aos importadores e exportadores. A formação de especialistas em enologia e viticultura é vista como um ponto chave. A presidente da OIV sublinha a importância dos programas internacionais de intercâmbio de estudantes.

No passado dia 25 de Abril, a presidente da OIV, Monika Christmann, e a chefe da unidade de Economia e Direito, Tatiana Svinartchuk, participaram, em Krasnodar, na Rússia, na inauguração da exposição Vinorus e na conferência sobre as perspectivas actuais do sector vinícola russo. Monika Christmann apresentou os seus objectivos, o papel da OIV e os dados estatísticos sobre o estado do mercado vinícola mundial.

Apostas da cooperação discutidas

Aquela conferência contou com uma reunião do Comité Nacional da Coordenação de Cooperação com a OIV, aberta ao público, na qual Tatiana Svinartchuk apresentou os procedimentos de funcionamento da Organização. Reunião que “suscitou um vivo interesse por parte dos participantes e dos actores da fileira” do vinho, diz uma nota de imprensa da OIV. Foram ali apresentadas e discutidas as apostas de cooperação internacional na elaboração e aplicação de normas de produção e comercialização de vinho e outros produtos vinícolas a nível mundial.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Fórum Vespa Velutina mostra resultados e estratégia no combate à inimiga das abelhas

Partilhar              O Fórum Vespa Velutina – Lisboa Atlantic POSitiVE realiza-se no próximo dia 31 de Maio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.