Início / Agricultura / Olivum e Universidade de Évora debatem conservação da biodiversidade e dos solos no olival

Olivum e Universidade de Évora debatem conservação da biodiversidade e dos solos no olival

A Olivum — Associação de Olivicultores e Lagares do Sul e a Universidade de Évora promoveram, no passado dia 30 de Junho, um debate sobre a gestão e conservação da biodiversidade e dos solos no olival, juntando mais de 20 olivicultores e produtores de azeite no 2º Grupo Focal do Programa de Sustentabilidade do Azeite do Alentejo (PSAA).

O principal objectivo do encontro, que decorreu remotamente, foi o debate sobre temas relevantes sobre a gestão e a conservação da biodiversidade e dos solos.

O evento teve início com o discurso de abertura de Gonçalo Almeida Simões, director-executivo da Olivum. De seguida e com intuito de se dar início ao debate, foi apresentado um vídeo do Professor José Rafael, docente da Universidade de Évora, sobre a gestão e conservação da biodiversidade e dos solos, dividido em vários subtemas.

Contando com “um público activo e participativo “, segundo a Consulai, empresa líder em consultoria agrícola, abriu-se uma votação de subtemas que estes consideram prioritários para constar no referencial produzido no âmbito do projecto, sendo que os escolhidos foram: gestão de áreas não produtivas e consciencialização para a importância da biodiversidade.

Após o intervalo, ainda houve tempo para abrir o debate aos restantes subtemas abordados, no vídeo referido, tendo assim uma ideia de quais as opiniões dos participantes sobre os assuntos menos votados.

A Olivum e a Universidade de Évora irão continuar a promover estas sessões de forma a que o referencial seja desenvolvido sempre em cooperação com quem está no terreno.

A Olivum – Associação de Olivicultores e Lagares do Sul, criada em 2014, nasceu da necessidade de representatividade do sector olivícola. Nos dias de hoje, a Olivum está na linha da frente da representatividade de olivicultores, de lagares, e do próprio sector.

PSAA

No âmbito do Programa Operacional Regional do Alentejo, o PSAA é uma iniciativa de adesão voluntária promovida pela Olivum, em parceria com a Universidade de Évora. Os principais destinatários são os produtores de azeitona e de azeite da Região do Alentejo.

O PSAA resulta do reconhecimento da importância da oferta de azeites da região produzidos de forma sustentável nas suas dimensões ambiental, social e económica. O desempenho a este nível contribuirá para o desenvolvimento, a longo prazo, da actividade olivícola da região, assegurando os elevados níveis de competitividade dos mercados mais exigentes.

O projecto prevê uma ampla comunicação, divulgação e publicitação dos resultados, através de vários veículos e meios, incluindo sessões de trabalho e troca de experiência e a publicação da versão impressa do Referencial para o PSAA e do Relatório de Sustentabilidade dos Azeites do Alentejo.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

IFAP paga 119 M€ de apoios aos sectores agroflorestal e das pescas em Setembro

Partilhar              O Ministério da Agricultura e da Alimentação informa que, no final do mês de Setembro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.