Início / Agenda / Nuno Russo garante Portal da Agricultura a funcionar no início de 2021

Nuno Russo garante Portal da Agricultura a funcionar no início de 2021

O secretário de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Nuno Russo, garantiu, durante o Agromeeting, da consultora agrícola Espaço Visual, “As Agriculturas de Portugal – Presente e Futuro”, que o Portal da Agricultura, iniciativa emblemática do Ministério, estará disponível entre o final deste ano e o início do próximo.

“Este portal será um instrumento essencial e fundamental para permitir uma ligação directa entre todos os agentes agrícolas e o Ministério da Agricultura”, afirmou Nuno Russo. Para o governante, esta ferramenta vai também ter um papel para desburocratizar muitas decisões e para agilizar procedimentos.

“Com este portal, vamos obter uma simplificação e uma agilização da relação com os agricultores. Terá uma grande utilidade e deve ser aproveitada da melhor forma”, acrescentou o secretário de Estado da Agricultura.

“Operação de limpeza” do PDR 2020

Quanto aos fundos europeus de apoio à agricultura, Nuno Russo afirmou que o Ministério da Agricultura está a desenvolver uma “operação de limpeza” do PDR 2020 que permita libertar verbas.

“Vamos ter um período de transição de 2 anos, 2021 e 2022, durante o qual vamos trabalhar com regras antigas e regras novas. Não haverá nenhuma alteração de fundo face às medidas do PDR 2020. Até final do ano será publicado o regulamento deste período de transição por parte da União Europeia”, esclareceu o governante.

Nuno Russo acrescentou que agora é preciso “adequar o regulamento à nossa realidade para poder ter quanto antes as verbas disponíveis e, assim, evitar hiatos e interregnos entre quadros comunitários de apoio”.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Fórum Açores Bio associa-se à Feira Agrícola 2022

Partilhar              O 2º Fórum da Agro-pecuária Biológica – Açores Bio 22 – associou-se à Feira Agrícola …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.