Início / Agricultura / Novos focos de Gripe Aviária detectados em Benavente e Aveiro

Novos focos de Gripe Aviária detectados em Benavente e Aveiro

A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que foi detectado mais um foco da Gripe Aviária de Alta Patogenicidade (GAAP) em aves de capoeira numa exploração comercial de patos de engorda localizada na freguesia de Santo Estevão, concelho de Benavente, distrito de Santarém. Identificou-se ainda uma ave selvagem positiva em S. Jacinto, Aveiro.

Em Portugal, entre 30 de Novembro de 2021 e 15 de Setembro de 2022 foram confirmados 27 focos de GAAP do subtipo H5N1: 18 focos em aves domésticas, incluindo explorações comerciais de perus, galinhas e patos, uma colecção privada de aves, capoeiras domésticas e aves mantidas em parque urbano e 9 ocorrências em aves selvagens.

Refere o Edital nº 23 da DGAV respeitante à Gripe Aviária de Alta Patogenecidade que, na sequência de focos de infecção em aves domésticas, são estabelecidas as respectivas zonas de restrição sanitária: uma zona de protecção e uma zona de vigilância, abrangendo respectivamente, raios de 3 e 10 km em volta de cada local afectado.

A gripe aviária é uma doença infecciosa viral que atinge aves selvagens, de capoeira e outras aves mantidas em cativeiro. As infecções por vírus da gripe aviária apresentam-se em duas formas, os vírus de baixa patogenicidade provocam apenas sinais ligeiros de doença, enquanto os vírus de alta patogenicidade provocam mortalidade muito elevada, especialmente nas aves de capoeira, com um impacto importante na saúde das aves domésticas e selvagens, bem como na produção avícola, uma vez que constitui motivo de suspensão da comercialização de aves vivas e seus produtos nas zonas afectadas.

Pode ler o Edital nº 23 da DGAV aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Orçamento Participativo dos Açores tem 32 propostas vencedoras

Partilhar              A edição de 2022 do Orçamento Participativo dos Açores (OP Açores) contou com mais de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.