Início / Agricultura / Nestum soma mil colmeias oferecidas aos apicultores portugueses

Nestum soma mil colmeias oferecidas aos apicultores portugueses

A Nestum, marca da Nestlé, vai oferecer este ano mais 300 núcleos de abelhas-rainha a mais de cem apicultores de todo o País, através da iniciativa “Juntos Pelas Abelhas”. Esta é já a terceira edição, que somada às anteriores, totaliza 1.000 núcleos de abelhas-rainha oferecidos a apicultores, com o objectivo de contribuir para reposição de abelhas em território nacional, visando compensar as perdas de colmeias registadas nos incêndios florestais.

Este número de 1.000 novas colmeias pode traduzir-se em cerca de 50 milhões de novas abelhas em todo o País, garante a Nestlé em nota de imprensa.

Sendo o mel uma das matérias-primas adquiridas pela Nestlé a produtores nacionais e utilizada na produção, na Fábrica de Avanca, de alguns dos produtos do portefólio da empresa, desde logo o Nestum Mel, “esta iniciativa encerra em si uma tripla vertente de partilha de valor económico e social – pelo apoio à resiliência da actividade apícola portuguesa – e ambiental – pela promoção da biodiversidade que está inerente ao apoio dado para a manutenção de um efectivo saudável de abelhas em Portugal”, adianta a mesma nota.

“O movimento “Juntos Pelas Abelhas” surgiu em 2021 da necessidade do apoio à resiliência do sector apícola nacional que todos os anos se vê afectado pelos incêndios florestais que assolam o País, com perdas nos efectivos de colmeias e consequente impacto na produção de mel. Para Nestum, marca que tem no seu portefólio vários produtos com mel, foi um imperativo encontrar uma forma de apoiar este sector e essa foi a de oferecer, todos os anos, novas colmeias para reposição das que se perderam”, afirma Elisa Riboldi, Business Executive Officer Nutrition & Dairy Nestlé Portugal.

E acrescenta que “este projecto, que nos enche de orgulho, vai também ao encontro dos compromissos de sustentabilidade da Nestlé, uma vez que são as abelhas os mais relevantes insectos polinizadores, uma actividade essencial à biodiversidade dos territórios”.

Protocolo com federações do sector apícola

Este programa de apoio tem na sua génese um protocolo celebrado com as duas principais federações representativas do sector apícola nacional – FNAP  — Federação Nacional dos Apicultores de Portugal e Fenapícola — Federação Nacional de Cooperativas Apícolas e de Produtores de Mel.

Anna Lenz com Manuel Gonçalves, Presidente da FNAP (à esquerda) e com Dinis Silva, secretário-geral da Fenapícola

Conta também, desde a primeira hora, com o apoio técnico e científico da DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária, quer na definição dos critérios de elegibilidade, quer na análise de candidaturas para posterior oferta de núcleos, e com o apoio logístico do Laboratório Apícola (Posto Tapada da Ajuda) do INIAV — Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária.

De modo a assinalar a entrega destes novos núcleos aos apicultores portugueses, a Nestlé realizou esta manhã, dia 19 de Maio, pelas 10h00, uma cerimónia na sua sede (Linda-a-Velha), que contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, Gonçalo Rodrigues, da Directora-geral da DGAV, Susana Guedes Pombo, da Coordenadora do Laboratório Apícola do INIAV (Tapada da Ajuda), Joana Godinho, e dos responsáveis das duas federações apícolas nacionais – Manuel Gonçalves, presidente da FNAP, e Dinis Silva, secretário-geral da Fenapícola.

Para a campanha de 2023 estão já encontrados os 111 vencedores que reuniram os critérios necessários à concessão deste apoio, entre eles, o facto de terem sido afectados em 2022 por perdas na produção associadas aos incêndios e/ou desastre natural. “Através desta acção de responsabilidade social, Nestum promove a valorização do mel e dos produtos apícolas nacionais”, frisa a mesma nota.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Vamos deixar de consumir tubarão?

Partilhar              Artigo de opinião de Ana Henriques, Técnica de Oceanos e Pescas da ANP|WWF Enquanto lê …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.