Início / Agricultura / Município de Odemira cria marca Medronho SW

Município de Odemira cria marca Medronho SW

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Município de Odemira criou a marca “Medronho SW”, sob o lema “Medronho que é medronho é do SW!”, com o objectivo de valorizar este produto e todas as suas potencialidades.

A génese de criação da marca “Medronho SW” entronca na estratégia de consolidação deste como um produto da região, que extravasa as fronteiras municipais e que pretende ser capaz de atrair a produção de qualidade de concelhos como Aljezur, Almodôvar, Monchique, Portel, Ourique, entre muitos outros. Ou seja, a marca “Medronho SW” deve ser encarada não como uma marca de Odemira, mas como uma marca de um território com grande tradição na produção de Medronho, como é todo o Sudoeste de Portugal.

A ideia de criação da marca “Medronho SW” passa por não limitar a mesma a um só território. Segundo Ricardo Cardoso, vereador responsável pela área de Desenvolvimento Económico do Município de Odemira, “A marca é suficientemente ampla e ao mesmo tempo confinada, para que possa ser absorvida por um conjunto de produtores interessados, que se identifiquem com este projeto e que queiram acrescentar valor ao trabalho que está a ser criado, desenvolvido e promovido”.

“Medronho que é medronho é do SW!” é um slogan que pretende afirmar a marca, aumentado a penetração no mercado e elevando consequentemente a margem de comercialização de produtores e comerciantes.

Medronho é estratégico para o desenvolvimento da região

O medronho e a produção de aguardente à base de medronho conhecem em Odemira grande produção e qualidade, sendo considerado um dos produtos estratégicos para o desenvolvimento e dinamismo económico do interior do concelho. Daí a vontade municipal em criar um programa de valorização para este produto.

“Se é verdade que o expoente máximo do medronho é a sua aguardente, também é verdade que as potencialidades deste fruto vão mais além, como é o caso da sua transformação em geleia, licor, melosa, bombons de medronho, entre outras formas ainda mais inovadoras de utilização actualmente em desenvolvimento”, diz fonte da autarquia.

Esta marca, que tem vindo a ser desenvolvida nos últimos tempos, foi apresentada ao público no âmbito da presença do Município de Odemira na BTL – Feira Internacional de Turismo, que decorreu entre os dias 2 e 8 de Março, em Lisboa.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Dia Nacional da Agricultura na Escola distingue 14 escolas com Selo AgroEscola

Partilhar            Mais de 100 escolas de todo o País juntaram-se no dia 18 de Novembro para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.