Início / Agricultura / Município de Torres Vedras instala 50 armadilhas para captura de vespa asiática

Município de Torres Vedras instala 50 armadilhas para captura de vespa asiática

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os meses de Fevereiro e Março costumam ser marcados pelo aparecimento de novas colónias de vespa velutina (asiática). Com o objectivo de reduzir o aparecimento de novos ninhos primários, foram instaladas 50 armadilhas para captura de vespa asiática no concelho de Torres Vedras.

A Câmara Municipal de Torres Vedras apela à população para que não retire ou destrua estes mecanismos, que permitem controlar a presença desta espécie no território do concelho.

Sempre que identificar um ninho de vespa asiática, não interfira com o mesmo e contacte de imediato o Serviço Municipal de Protecção Civil (através do e-mail prociv@cm-tvedras.pt ou do número 261 320 764) ou a linha SOS Ambiente (808 200 520), comunicando a sua localização.

Vespa asiática

A vespa asiática é considerada uma espécie invasora, com vários efeitos negativos no ambiente e na biodiversidade devido à forte predação de abelhas e de outros insectos polinizadores. Esta vespa é facilmente diferenciada das outras vespas europeias (à excepção da vespa crabro ou europeia), que são mais pequenas.

Trata-se de uma vespa de grandes dimensões, com cabeça preta e face laranja, amarelada. O seu corpo é castanho-escuro ou preto, aveludado, delimitado por uma faixa fina amarela e com um único segmento abdominal amarelado-alaranjado na face dorsal. As suas asas são escuras e as patas castanhas com as extremidades amarelas. O tamanho da vespa asiática varia entre os 2,5 e os 3 cm.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Açores já têm formados os primeiros 18 auditores para o bem-estar animal na produção de leite e carne

Partilhar            A Região Autónoma dos Açores já tem formados os primeiros 18 auditores para o bem-estar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.