Início / Agricultura / Montalegre vai apoiar estufas e produção biológica do sector hortícola e dá mais 55 mil euros ao comércio

Montalegre vai apoiar estufas e produção biológica do sector hortícola e dá mais 55 mil euros ao comércio

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente da Camara Municipal de Montalegre, Orlando Alves, anunciou uma nova fase de apoios à economia. O próximo acordo será realizado com a Coopbarroso – Cooperativa Agrícola do Barroso, com a ajuda financeira a incidir nas estufas e na produção biológica do sector hortícola.

“Este apoio tem a ver com o futuro da nossa terra. O País importa quase tudo que tenha a ver com a agricultura. Ora nós podemos produzir na nossa terra”, disse orlando Alves.

O anúncio foi feito hoje, 19 de Abril, durante a assinatura um novo protocolo com a Associação Empresarial do Planalto Barrosão (AEPB), devido à crise pandémica provocada pela Covid-19.

Depois do apoio à restauração e cafetaria do concelho, protocolado em Fevereiro último, o presente acordo concede apoios financeiros aos sectores constituídos por estabelecimentos de esteticistas, cabeleireiros, sapatarias, vestuário e demais actividades não essenciais que, por força da legislação, permaneceram encerrados, bem como aos estabelecimentos de restauração e cafetaria que não se candidataram no âmbito do primeiro apoio financeiro concedido.

Contas feitas, diz a autarquia, são mais 30 candidaturas e mais 55 mil euros de investimento – verba inscrita no Plano de Actividades Municipal aprovado para este ano – à luz de um protocolo para vigorar nos próximos três meses e eventualmente renovável caso se justifique.

Obrigações da AEPB

Com este acordo, a Associação Empresarial do Planalto Barrosão compromete-se a canalizar o montante financeiro atribuído pelo município para apoio dos sectores identificados concretizado através do pagamento de três salários mínimos para cada trabalhador sendo que no caso de trabalhador independente ou em situação de reforma, o valor a atribuir será no montante apenas de 50%.

Por outro lado a Associação terá de recolher os devidos comprovativos da ausência de dívidas ao Estado e comprovativo dos descontos efectuados pelo empresário a nível individual.

Para Orlando Alves, “este protocolo representa a segunda fase dos apoios destinados aos sectores da economia local que viram a sua produtividade diminuída com a pandemia. É bom que se diga que o município de Montalegre foi, a seguir a Lisboa, talvez o único do País a ter uma atitude como nós tivemos. Numa primeira fase acudimos à restauração e agora aos restastes sectores que foram obrigados a fechar. Acudimos à defesa do emprego, aliviando o sofrimento dos empresários”.

E acrescenta o presidente da Câmara de Montalegre que “esta segunda fase abrange, entre outros, os cabeleireiros, as esteticistas e lojas de vestuário e calçado. Em tudo que fazemos prevalece uma lógica: não usamos o dinheiro da Câmara para sermos simpáticos a quem quer que seja ou para conquistar posições de mercado eleitoral”.

Quebras de receitas perto dos 100%

Por sua vez, o presidente da Associação Empresarial do Planalto Barrosão, José Fernando Moura, referiu que “há casos de quebras de receitas perto dos 100%. Há gente a fazer um grande esforço para manter os postos de trabalho. Todo o apoio é dirigido a empresas que foram obrigadas a fechar. O dinheiro que a Câmara nos dá é na ordem dos 55 mil euros. Estamos perante um apoio que faz muita falta às empresas”.

José Fernando Moura salientou ainda que “este dinheiro não irá resolver todos os problemas, mas será uma grande ajuda. Para nós, é uma grande honra estarmos a ajudar desta forma. Na primeira fase houve cerca de 85 candidaturas. Agora estamos perante 30”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Histórico posto de observação meteorológica da Torre do Sertório em Évora retoma a actividade

Partilhar            O histórico posto de observação meteorológica da Torre do Sertório em Évora retoma a sua …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.