Início / Agricultura / Montalegre debate em colóquio “O Castanheiro e a Castanha: Que futuro?”

Montalegre debate em colóquio “O Castanheiro e a Castanha: Que futuro?”

A junta de freguesia de Santo André, no concelho de Montalegre, realizou um colóquio subordinado ao tema “O  Castanheiro e a Castanha: Que futuro?”. “Oradores de excelência” debateram o actual momento deste produto gastronómico do concelho de Montalegre ao mesmo tempo que apontaram caminhos para uma melhor rentabilização, refere uma nota de imprensa da autarquia.

A sessão foi aberta e encerrada pelo vice-presidente do Município de Montalegre, David Teixeira, que deixou uma mensagem de esperança alertando para a necessidade de um trabalho em parceria de forma a potenciar o alto valor que representa a castanha no território.

Para David Teixeira, “Foi uma tarde fantástica. Foi muito bom ver a nossa população reunida com as universidades e com as outras colectividades. Toda esta região mais baixa do nosso concelho tem a tradição da castanha. É cada vez mais importante olhar para as novas técnicas, para a transformação digital. Ver que estamos perante uma oportunidade para o nosso território. Já produzimos algumas toneladas no nosso concelho, mas podemos duplicar ou triplicar”.

O vice-presidente do Município de Montalegre acrescenta que “a castanha e o castanheiro não exigem muita mão-de-obra nem uma dedicação que ponha em causa qualquer liderança deste processo. Os mais novos podem olhar para este produto como uma opção de vida. Limpa e digna. Seria importante transformar os nossos agricultores em empresários e, desta forma, trazer uma mais valia para o nosso território”.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

UE lança consulta pública sobre plásticos de base biológica, biodegradáveis e compostáveis

Partilhar               A Comissão Europeia lançou hoje, 18 de Janeiro, uma consulta pública sobre plásticos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.