Início / Featured / Ministro do Mar inaugura estruturas de apoio às pescas em Esposende e Viana do Castelo

Ministro do Mar inaugura estruturas de apoio às pescas em Esposende e Viana do Castelo

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, acompanhado pela secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, visitou os concelhos de Esposende, Viana do Castelo e Caminha para inaugurar dois conjuntos de estruturas de apoio às pescas e observou os trabalhos em curso numa terceira intervenção.

Em Esposende, o ministro do Mar inaugurou as estruturas de modernização da doca de pesca. Esta obra teve como principal objectivo a melhoria das condições de trabalho e de segurança e incidiu num variado conjunto de intervenções, das quais se destacam a recuperação e construção de novas plataformas flutuantes, assim como as respectivas pontes inclinadas de acesso pedonal, a execução de uma plataforma de nível em avanço para aumentar a área de armazenamento exterior de aprestos de pesca, e a reabilitação de toda a zona edificada, incluindo pavimentos, fachadas e coberturas.

A empreitada envolveu um investimento de 1,547 milhões de euros e foi financiada pelo Mar 2020, Docapesca e Câmara Municipal de Esposende, refere o Ministério do Mar.

Viana do Castelo

Já no concelho de Viana do Castelo, o ministro visitou e inaugurou o resultado da intervenção para a modernização do portinho de Castelo do Neiva, que englobou a construção de um novo edifício lota e dos arrumos de aprestos.

Naquele local efectuou-se uma intervenção de fundo, com o objectivo de valorizar e melhorar as condições de funcionamento da actividade piscatória. A pesca constitui o meio de subsistência de uma parte significativa da população residente.

Esta intervenção orçou em 1,5 milhões de euros e foi financiada pelo Mar 2020, Docapesca e Câmara Municipal de Viana do Castelo. Em complemento a esta obra, foi construído ainda um novo edifício para funcionamento da lota, projectado de acordo com as actuais condições de higiene e organização em vigor.

Alimentação artificial de areias

Por fim, em Caminha, o ministro do Mar e a secretária de Estado das Pescas visitaram a intervenção de alimentação artificial, protecção e reabilitação do sistema costeiro natural da duna dos Caldeirões, em Âncora e Vila Praia de Âncora.

A intervenção, recentemente iniciada, consiste na alimentação artificial de areias na duna dos Caldeirões, a partir da dragagem de areias que se encontram em excesso no portinho de Vila Praia de Âncora, com vista à sua reconstituição e reforço, através da implantação de núcleos resistentes com recurso a geotubos de areia, complementadas com intervenções de bioengenharia na consolidação das margens do rio Âncora.

Esta empreitada, orçada em 1,6 milhões de euros, é financiada a 75% pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), sendo os restantes 25% assegurados pela Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM).

O conjunto de obras agora inauguradas e visitadas foram consignados pela Polis Litoral Norte. Esta organização integra os municípios de Caminha, Esposende e Viana do Castelo e é coordenada pelo Ministério do Ambiente e Acção Climática.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 26 Julho a 1 Agosto 2021

Partilhar              Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas A cotação mais frequente de novilha, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.