Início / Mar / Ambiente / Ministro do Mar destaca importância da limpeza costeira para a sustentabilidade dos oceanos

Ministro do Mar destaca importância da limpeza costeira para a sustentabilidade dos oceanos

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

“O lixo marinho, em grande medida constituído por resíduos de plástico, é um dos maiores problemas ambientais da actualidade, produzindo efeitos negativos nos ecossistemas marinhos e directamente na economia das regiões costeiras. Produzir menos lixo, recolhê-lo e reciclá-lo deve fazer parte das prioridades quotidianas dos cidadãos em todo o Mundo”, alertou o ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, que participou numa acção de limpeza costeira, em Cascais, no Dia Internacional da Limpeza Costeira, que este ano se assinala a 18 de Setembro.

Fotos: Ministério do Mar

Refere um comunicado do Gabinete do Ministério do Mar que Ricardo Serrão Santos juntou-se aos voluntários da organização não governamental Sailors for the Sea que, com milhares de outros cidadãos, em Portugal e por todo o Mundo, aproveitaram este dia para redobrar o apelo ao combate a este problema.

A mitigação dos efeitos do lixo marinho faz parte dos compromissos do Governo português para cumprir o Objectivo de Desenvolvimento Sustentável 14, “Proteger a Vida Marinha”, da Agenda 2030 das Nações Unidas”, acrescenta o mesmo comunicado.

O ministro Ricardo Serrão Santos presidirá, a 1 de Outubro, em Cascais, à reunião ministerial da Convenção OSPAR (Protecção do Meio Marinho do Atlântico Nordeste), cujo plano de acção para o lixo marinho inclui um conjunto de medidas de mitigação deste problema.

#EUBeachCleanup

O governante destacou que muitas entidades portuguesas se associaram a mais uma edição da campanha #EUBeachCleanup, uma parceria da União Europeia e das Nações Unidas que agrega acções de limpeza por todo o Mundo, fruto de parcerias com entidades públicas, privadas e associativas.

“O Ministério do Mar de Portugal colabora nesse esforço, através dos seus serviços, ao nível da sensibilização, recolha de dados e elaboração de diplomas legislativos. Um exemplo é a iniciativa promovida pela Docapesca, “A Pesca por um mar sem lixo”, que visa melhorar a gestão de resíduos a bordo das embarcações e nos portos de pesca, sensibilizando os pescadores para as boas práticas ambientais”, destaca o ministro do Mar.

Integrado nas celebrações do Dia Internacional da Limpeza Costeira, a Docapesca irá promover diversas acções entre os dias 18 e 25 de Setembro.

Diz ainda o comunicado de imprensa que “o combate ao lixo marinho é, também, objecto de projectos do Instituto Português do Mar e da Atmosfera [IPMA] e da Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos [DGRM], sendo muitas destas iniciativas realizadas em parceria com instituições nacionais, da União Europeia e da restante comunidade internacional”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

PSD pede à ministra da Agricultura que esclareça atribuição de terrenos agrícolas em Idanha-a-Nova

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata (PSD) quer saber o que se passou com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.