Início / Featured / Ministra do Mar inaugura novo Farolim na barra de Vila Real de Santo António

Ministra do Mar inaugura novo Farolim na barra de Vila Real de Santo António

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, e a presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, Conceição Cabrita, inauguraram o novo Farolim e a Reconstrução da Cabeça do Quebra-Mar Poente da Barra de Vila Real de Santo António. A empreitada foi realizada pela Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM), representando um investimento total de 500 mil euros.

Esta obra teve início em Setembro de 2018, após concurso público realizado para o efeito, em consequência da tempestade EMA que assolou o Algarve em Fevereiro de 2018 e provocou a destruição total da cabeça do quebra-mar poente da barra de Vila Real de Santo António, deixando esta barra internacional sem assinalamento marítimo.

Quebra-mar de Vila Real de Santo António

Recorde-se que o quebra-mar de Vila Real de Santo António foi construído há mais de três décadas, numa altura em que já não havia mineração proveniente da mina de S. Domingos, mas ainda assim numa altura importante para manter viável o que era então o maior porto comercial do Algarve.

Todavia, a construção deste quebra-mar nunca foi devidamente concluída. Ficou a faltar a laje do coroamento e o farolim para sinalização marítima.

A solução encontrada para o farolim foi a de instalar provisoriamente um farolim que se manteve “definitivo” até aos temporais de Fevereiro de 2018, dos quais resultaram a destruição da cabeça do quebra-mar, do provisório farolim e mais 20 m do seu corpo principal.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

UE actualiza medidas especiais de controlo da peste suína africana após novos focos na Alemanha, Eslováquia e Polónia

Partilhar              A peste suína africana continua a alastrar pela Europa. Registaram-se novos focos de peste suína …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.